Entenda O Que É Impermeabilização Na Construção Civil

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
26/7/2020
Atualizado em
20/4/2021
Entenda O Que É Impermeabilização Na Construção Civil

Na hora de construir qualquer empreendimento residencial, industrial ou comercial, é preciso planejar várias etapas com bastante cuidado, para que a execução se torne eficiente e bem segura. A impermeabilização, por exemplo, é o serviço que garante a proteção de uma construção contra a ação de fatores externos. Por isso é uma etapa que deve ser levada em consideração desde o planejamento.

Mas, afinal, o que é impermeabilização na construção civil? É sobre esse assunto que vamos tratar agora! Quer saber o que é e quais são os tipos de impermeabilização empregados na construção civil? Então continue acompanhando o texto e veja também a importância desse procedimento! Boa leitura!

argamassa polimérica flexível estruturada
Blok ST
Resina Impermeabilizante para Argamassa Polimérica Flexível Estruturada
CONHEçA AGORA
[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva
MATERIAL GRATUITO

[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva

baixe grátis

O que é uma impermeabilização na construção civil e para que ela serve?

A impermeabilização na construção civil trata-se de um procedimento adotado com o objetivo de vedar, de colmatar ou de selar os materiais porosos e suas possíveis falhas, que são causadas por defeitos técnicos ou por momentos estruturais durante a execução. A aplicação do procedimento é feita com diferentes composições, a fim de evitar a ação das intempéries a partir de infiltrações em qualquer parte da obra — lajes, paredes, coberturas, aberturas, muros, entre outros.

Quando o responsável pela construção não valoriza essa etapa, ele coloca toda a estrutura e vários outros elementos totalmente à mercê de patologias, como bolor, oxidação, manchas e deterioração de peças.

Vale destacar que um projeto de construção civil contempla vários projetos, como acabamento, hidráulica e elétrica, e precisa contemplar igualmente um projeto de impermeabilização. O profissional que tem a função de planejar a impermeabilização da obra precisa desenvolvê-la em conformidade total com as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

No dia 17 de outubro de 2010, a nova norma ABNT NBR 9575:2010 entrou em vigor. Ela estabelece as recomendações e as exigências relativas à seleção e ao projeto de impermeabilização. Então, vale lembrar que essa norma determina os requisitos mínimos de proteção da obra contra a passagem de fluidos, assim como os requisitos de segurança, salubridade e conforto do usuário, a fim de garantir a estanqueidade das partes construtivas.

Quais são as áreas que podem/devem ser impermeabilizadas?

Veja, a seguir, as áreas que precisam receber impermeabilização:

  • fundações e baldrames;
  • terraços, lajes e todas as áreas descobertas;
  • telhados e as coberturas planas;
  • pisos molháveis, como os da cozinha, banheiro e áreas de serviço;
  • caixas d’água, reservatórios de água e piscinas;
  • paredes que recebem chuva de vento e paredes onde a água escorre;
  • calhas de escoamento de águas pluviais;
  • soleiras de portas que abrem para fora;
  • peitorais e esquadrias de janelas, entre outras.

Qual é a importância de realizar uma impermeabilização em uma obra e quais os benefícios em longo prazo?

A impermeabilização é indispensável nas construções, afinal de contas, ela ajuda a impedir que a água do banho, da lavagem ou da chuva cause umidade e infiltração nos ambientes, evitando, assim, o aparecimento e a proliferação de fungos e de mofos, o comprometimento das estruturas da obra e vários gastos, tanto de tempo quanto de dinheiro.

A falta de impermeabilização pode ocasionar diversos problemas: manchas na pintura, pisos soltos, problemas de saúde nos moradores, oxidação de ferragens de colunas e vigas, revestimentos descascados, desvalorização do patrimônio e, em situações mais sérias, pode comprometer a segurança e a estabilidade da construção.

Impermeabilizar a construção de maneira correta é, sem dúvidas, o melhor caminho para aqueles que querem garantir a segurança da obra em áreas expostas à umidade. Veja, a seguir, as principais vantagens da impermeabilização.

Evita problemas futuros

Um serviço completo de impermeabilização, aplicando produtos de qualidade e repeitando as normas de aplicação e os tempos de secagem, consegue evitar que o vazamento de água e a umidade apareçam no futuro. As pessoas que negligenciam essas etapas certamente vão ver seu trabalho bastante comprometido em relação à estabilidade estrutural no longo prazo.

Garante economia

Muitos podem pensar que dispensar as fases de impermeabilização vai sair bem mais barato para a construção. Porém, no final das contas, assim que os problemas começarem a surgir, a conta vai sair bem mais alta que o esperado.

Impermeabilizar a estrutura é uma medida preventiva que precisa ser considerada antes que os problemas comecem a aparecer. Esse tipo de pensamento vai impedir intervenções e transtornos na obra, que vão custar muito mais retrabalho e investimento.

Aumenta a durabilidade

A durabilidade da construção também é outra vantagem. Uma excelente impermeabilização garante a maior durabilidade, preservando a estética da obra e tornando-a muito mais segura.

Quais são os tipos de impermeabilização existentes no mercado?

Veja, a seguir, quais são os tipos de impermeabilização!

Impermeabilização rígida

Há dois tipos de classificação de impermeabilização. Lembrando que, para isso, é considerada a menor ou maior possibilidade de fissuração. A rígida é recomendada para as áreas que não estão sujeitas a movimentação, como baldrames, subsolo e galerias, ou que não estão sujeitas a variações muito grandes de temperatura.

Ela é feita a partir do uso de aditivos químicos impermeabilizantes nos materiais utilizados, ou aplicados sob forma de membrana sobre cada uma das superfícies. Por essa razão, não pode ser usada em lugares que sofrem grande mudança térmica e que tenham movimentação, pois tanto o impermeabilizante quanto a estrutura sofrerão com o aparecimento de fissuras e, consequentemente, umidade.

Impermeabilização flexível

Deve-se usar a impermeabilização flexível para qualquer outro tipo de área. Ela é feita com o uso de materiais desenvolvidos com elastômero e polímero, podendo ser instalada ou pré-moldada no local. Os impermeabilizantes usados aqui apresentam propriedades bem mais elásticas. Por isso, conseguem se conformar à estrutura durante as movimentações e, dessa forma, cobrir trincas e fissuras.

Vale lembrar que existem dois tipos principais de impermeabilização flexível:

  • as mantas, pré-fabricadas;
  • as membranas, moldadas no local a partir de processos sob frio ou calor.

Quais são os sistemas de impermeabilização mais usados?

Os sistemas se referem à técnica usada para fazer a impermeabilização de um local. Ela depende, especialmente, da superfície a ser impermeabilizada. Então, confira os seguintes sistemas:

  • emulsão acrílica — trata-se da base acrílica com elastômero que forma uma ótima membrana líquida para impermeabilizar paredes, marquises, lajes e coberturas;
  • argamassa polimérica — são polímeros que são acrescentados ao cimento e agregados e, assim, forma um perfeito revestimento impermeável. É muito indicado para piscinas, subsolos, reservatórios de água, rodapés e poços de elevadores;
  • selantes — utiliza-se um produto que tem propriedades seladoras para preencher juntas, caixilhos e elementos em geral, além das fissuras e trincas;
  • emulsão asfáltica — é um monocomponente que é totalmente aplicado a frio e que exige proteção mecânica. É usado em terraços, lajes e áreas frias;
  • hidrofugante ou hidrorrepelente — trata-se de um material que repele a água e mantém a superfície bem seca. Como esse produto não modifica a aparência do lugar onde é aplicado, pode ser utilizado em fachadas de concreto, pedras, tijolos e telhas;
  • manta asfáltica — um tipo alterado de asfalto, contendo polímeros. A função da manta é estruturante, por isso é indicada para lajes planas e inclinadas e áreas molhadas ou úmidas.

Vale ressaltar que é de suma importância o uso de produtos de qualidade para realizar a impermeabilização na construção civil. Assim você garante segurança para as pessoas que transitam no local e muito mais durabilidade da estrutura.

A Blok, por exemplo, além de ter um grande respeito com o consumidor, é uma empresa que investe em seriedade e transparência para oferecer muito mais que produtos de alta qualidade. Com quase 30 anos de história, a Blok oferece, por meio da sua linha de produtos, soluções químicas completas, com suporte especializado em construção civil.

Enfim, agora você já sabe o que é impermeabilização na construção civil e sabe também que ela é essencial para conservar as obras e evitar as famosas patologias, como fungos e mofos. Além disso, vale lembrar que, para evitar prejuízos na construção, é preciso ter uma atenção especial para a norma da ABNT.

Agora que você viu a importância da impermeabilização na construção civil, não deixe de entrar em contato conosco para conhecer as melhores soluções para o seu trabalho!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.