Bloco de Gesso: O Guia Completo de 2020!

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
3/5/2020
Atualizado em
20/4/2021
Bloco de Gesso: O Guia Completo de 2020!

Você sabia que é possível construir uma casa em apenas 15 dias? É essa agilidade que usar blocos de gesso em uma obra permite!

Além da rapidez para erguer paredes, existem outros motivos tão atraentes quanto que estão fazendo os profissionais optarem por esse material em vez da alvenaria tradicional! Quer saber mais sobre os blocos de gesso?

Confira este material que preparamos para você entender e contar com essa opção que pode trazer tantos benefícios para sua obra e para seus processos de trabalho!

Se você atua no ramo da construção civil sabe que o gesso é um material que entrou com força nas obras seja para fazer revestimento das paredes, drywall seja para uso decorativo e outras tantas aplicações!

Mas, você sabe como o gesso pode ser usado também para compor a estrutura de uma edificação, substituindo os tão famosos blocos de concreto e cerâmicos? É disso que vamos falar aqui! Está pronto? Venha com a gente e leia nosso artigo completo!

Depois de terminar esse artigo, garanto que você terá entendido não só sobre o bloco de gesso, mas outras informações relevantes que vamos trazer aqui!

Assim, você poderá adquirir mais conhecimento para poder aplicar nos seus trabalhos! Com certeza, será um aprendizado e tanto, que trará grandes retornos para você e sua equipe! Vamos, lá?

hidrofugante para gesso
BlokGesso
Hidrofugante para Gesso
CONHEçA AGORA
Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso
MATERIAL GRATUITO

Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso

baixe grátis

O que é bloco de gesso?

Para que entenda no que consiste o bloco de gesso, vamos começar do zero! O gesso é um dos materiais para construção mais antigos fabricados pelo homem e, hoje, é um dos principais produtos utilizados pela construção civil! Mas, como o gesso é produzido?

O gesso é obtido através do aquecimento da gipsita, um minério bastante abundante no Brasil, que depois é reduzido a pó, que encontramos facilmente em qualquer loja de construção!

Como já dissemos, o gesso pode ter inúmeras aplicações diferentes, podendo ser utilizado como:

  • Revestimento: de paredes, tetos e outras superfícies, substituindo a massa corrida e, assim, obtendo um acabamento liso e homogêneo;
  • Divisórias: para separar ambientes, utilizando drywall ou até mesmo blocos de gesso (que vamos abordar adiante);
  • Forros: os tão comuns, aplicados no teto dos ambientes, contribuindo para a decoração e beleza deles. Escrevi essa matéria muito interessante sobre esse assunto.
  • Decoração: como os revestimentos 3D e outras tantas formas que o gesso é capaz de oferecer, dando efeitos decorativos fantásticos!

Apesar destas tantas possibilidades de uso do gesso, hoje, vamos nos concentrar em uma aplicação muito interessante, que é o seu uso na construção de uma edificação através dos blocos de gesso!

Mas, afinal, será que é realmente possível construir uma casa com blocos de gesso? Não só é possível como é uma maneira que vem sendo cada vez mais utilizada e que oferece diversos benefícios quando comparamos com a alvenaria tradicional!

Vamos começar entendendo o que é um bloco de gesso!

Os blocos de gesso nada mais são que blocos pré-moldados de gesso, fabricados através de processo de moldagem e apresentam superfícies muito lisas.

Eles possuem duas faces planas e lisas, sendo totalmente dispensável reboco ou chapisco para dar o acabamento final. Para que a montagem dos blocos fique bem estável, os blocos são fabricados com encaixe macho e fêmea, prontos para serem montados.

Segundo a NBR 16494, bloco de gesso é definido como sendo componentes fabricados industrialmente compostos basicamente de gesso, com formato de paralelepípedo, podendo ser maciço ou vazado, possuindo duas faces planas e lisas, com encaixes macho e fêmea em lados opostos. Esse bloco de gesso também pode ter características específicas para cada etapa da obra, como é o bloco de gesso azul, também conhecido como bloco de gesso hidro, que possui resistência à umidade.

Você já deve ter visto blocos de gesso por aí, mas se nunca viu, explicamos com detalhes para que não fique nenhuma dúvida para seguirmos para os próximos tópicos, certo?

Já que está claro o que são os blocos de gesso, vamos entender mais detalhes sobre ele. Vamos comigo?

Para que serve o bloco de gesso?

Depois de saber o que são blocos de gesso, você deve estar se perguntando: afinal, para que servem os blocos de gesso? Logicamente, essa é a primeira e principal dúvida sobre o bloco de gesso e estamos aqui justamente para respondê-la, assim como fornecer outras informações relevantes!

Você já sabe que o gesso é um material que oferece versatilidade, mas os blocos de gesso prometem um uso muito interessante, mas muito pouco explorado ainda no mercado brasileiro. Os blocos de gesso basicamente servem para levantar paredes, seja com finalidade estrutural, de fechamento ou decorativo. Vamos entender mais sobre elas!

Usar blocos de gesso para levantar paredes de uma casa é um exemplo de como podem ser utilizados com finalidade estrutural.

Como já falamos, é possível, sim, construir uma casa apenas com blocos de gesso e contar com todos os benefícios que eles oferecem! Dê uma olhada nestes vídeos que o SINDUSGESSO (Sindicato da Indústria do Gesso) produziu muito bem e que mostram o passo a passo da construção de uma casa de gesso. É muito interessante!

Se você quiser ter uma noção apenas de como se dá a construção de uma casa de gesso, veja este vídeo. Aqui, é feito um resumo sobre o gesso, os blocos e como é o processo de execução. Mas, se você tem interesse em saber exatamente como construir uma casa de gesso, com todos os passos e detalhes, continue lendo, que encontrará os vídeos logo a seguir!

Aqui, temos um compilado de todos os passos da construção de uma casa de gesso bem como outras informações relevantes!

Agora, vamos disponibilizar, também, todos vídeos com os passo a passo em detalhes para se construir uma casa utilizando blocos de gesso! Vale a pena assistir!

Neste vídeo, você pode entender mais sobre o gesso e suas propriedades, assim como a comparação entre uma casa de gesso e uma de alvenaria convencional, os tipos de blocos de gesso e as ferramentas que você irá precisar para começar a execução da obra, com a preparação da base! Confira!

Aqui, os trabalhos são iniciados a partir da execução da base da casa, com tijolo e cimento, como na alvenaria tradicional.

No vídeo abaixo, temos o próprio processo para levantar as paredes, com os blocos de gesso!

Neste vídeo, você aprende como se dá o processo de engastamento ou junção das divisórias de gesso. Veja para entender do que estamos falando!

Aqui, temos uma etapa muito importante, que é garantia de um excelente resultado: cobertura e acabamento. Preste muita atenção!

Agora que já estamos nas etapas finais, neste vídeo, temos a finalização do acabamento com a aplicação da massa de gesso nas superfícies já curadas para obter paredes bem homogêneas!

A casa já está pronta, mas para rever todas as técnicas utilizadas, acesse o vídeo a seguir para revisar todo o processo!

E, por fim, aqui você consegue entender sobre todo tipo de acabamento das paredes de bloco de gesso seja com pintura, papel de parede e ou outra finalização! Assim, você terá uma casa com paredes do jeito que sempre quis!

Falamos sobre a utilização dos blocos de gesso para erguer paredes com finalidade estrutural. Mas, eles ainda são amplamente usados como fechamento, isto é, levantar paredes que servem como divisórias, separando os ambientes.

O drywall também possui essa mesma função, porém paredes compostas por blocos de gesso são bem mais resistentes e oferecem um melhor isolamento acústico.

O uso dos blocos de gesso para compor a decoração dos ambientes vem ganhando importância. É possível utilizar os blocos de gesso para construir armários e móveis, criando um efeito decorativo incrível!

Podemos encontrar diversos deles na internet e o acabamento, por ser liso e homogêneo, substitui muito bem os tão comuns de madeira!

E nada impede que sejam descobertas novas aplicações para os blocos de gesso! O mercado brasileiro ainda é muito iniciante quando falamos em blocos de gesso e, certamente, passará por um processo de expansão, abrindo portas para novas aplicações!

Que tal fazer parte desta revolução no mercado?

Agora que você já tem uma noção sobre os blocos de gesso, vamos entender como é seu processo de fabricação e ver que é possível fabricá-los de uma maneira bastante simples! Vamos, lá?

Como fazer bloco de gesso?

Quem já trabalha com gesso sabe que fazer blocos de gesso não é nenhum bicho de sete cabeças. Mas, vamos apresentar as duas maneiras mais comuns para fabricação deste produto.

A maneira mais eficiente de fabricar blocos de gesso é industrialmente, isto é, através de indústria com maquinário apropriado para este fim, tendo como resultado produtos com maior escala e mais padronizados.

Existem diversas indústrias exercendo atividade no ramo do gesso e, muitas delas, estão se especializando na fabricação do bloco de gesso. Assim, é possível verificar uma produção eficiente, com pouca mão de obra e grande escala, além dos blocos serem mais homogêneos.

Separei um vídeo muito interessante que mostra a fabricação de blocos de gesso através de um processo industrial. Dê uma olhada:

Porém, por exigir um maior investimento, nem sempre é possível utilizar o processo industrial para a fabricação dos blocos de gesso.

Se você atua no mercado de gesso, sabe que existe uma forma de fabricar blocos de gesso manualmente, isto é, com uma forma simples e um profissional capacitado, você consegue obter um bloco muito bom.

Porém, é importante colocar na balança se vale a pena fabricar os blocos de gesso dessa forma, uma vez que o processo é muito mais lento, trabalhoso e exige mais mão de obra.

Por isso, é importante avaliar cada caso antes de se comprometer com a entrega para não estourar os prazos combinados, ok?

Aqui, você pode ver como o bloco de gesso pode ser fabricado manualmente por um profissional com muita prática. Olhe só que interessante!

Agora, vamos entender porque utilizar os blocos de gesso, isto e, vamos compará-los com os outros tipos de blocos para que você possa decidir qual é o melhor para o seu objetivo!

Bloco de gesso x outros blocos

A alvenaria tradicional, com blocos de concreto ou tijolos cerâmicos, é a mais comum e oferece diversos benefícios. Fizemos um artigo que fala sobre esses blocos e quais as diferenças entre eles.

Porém, como nosso foco aqui é tratar sobre os blocos de gesso, vamos entender quais são os benefícios em utilizar esse produto em vez de optar pelos métodos tradicionais.

O uso de blocos de gesso dispensa a aplicação de reboco ou chapisco, por possuírem superfícies lisas e planas, podendo ser dado o acabamento final por cima deles.

Isso economiza tempo, trabalho e material, sendo uma grande aliado para aumentar a agilidade da obra!

No caso dos blocos de gesso vazados, além de serem mais leves, propiciam um melhor isolamento acústico e térmico para as paredes e também facilitam a passagem de colunas internas e dutos hidráulicos e elétricos.

Em relação a questão estrutural, os blocos de gesso apresentam mais resistência e rigidez quando comparados com blocos cerâmicos argamassados, proporcionando mais estabilidade para a estrutura, não só por conta da sua alta resistência, como também devido ao seu melhor encaixe macho e fêmea.

Por serem mais leves, os blocos de gesso sobrecarregam menos a estrutura, gerando uma economia significativa no concreto da fundação e das armaduras da superestrutura.

Os blocos de gesso têm um papel importante no sentido da sustentabilidade, pois seu uso proporciona redução na energia interna incorporada dos materiais utilizados na estrutura, da energia elétrica utilizada na mistura e transporte dos materiais e da água utilizada na construção das paredes.

Portanto, embora muita gente acredite que o gesso é um material prejudicial para o meio ambiente, olhando por este ponto de vista, pode ser considerado um material que contribui para a sustentabilidade.

A produtividade, ao trabalhar com blocos de gesso em vez de tijolos cerâmicos ou de concreto, é bem maior por conta da sua dimensão, encaixe e facilidade de montagem, o que dá mais rapidez para a obra.

Para unir os blocos, é necessário o uso de gesso cola que, depois de seca, oferece excelente resistência mecânica e aderência. E, por fim, os blocos de gesso saem na frente dos tijolos cerâmicos quando falamos em isolamento acústico, apresentando elevado índice de redução sonora.

Agora que explicamos as vantagens de utilizar os blocos de gesso em vez dos tijolos cerâmicos ou de concreto, vamos resumir, em tópicos, para que fique mais claro as vantagens dos blocos de gesso bem como suas desvantagens.

Vantagens e desvantagens de utilizar o bloco de gesso

As vantagens que os blocos de gesso oferecem podem ser resumidas pelos seguintes tópicos:

  • Boa capacidade de resistência e suporte à pressão, o que o torna um material apropriado para uso pela construção civil;
  • Isolamento térmico: o gesso resiste bem à passagem do frio ou calor. Por exemplo: um bloco de gesso de 10 cm de espessura oferece a mesma resistência ao calor que uma parede de alvenaria tradicional de 15 cm revestida com argamassa nas duas faces;
  • Isolamento acústico: a forte densidade natural do bloco de gesso propicia um bom isolamento de sons e ruídos externos;
  • Protege contra incêndio: o bloco de gesso é incombustível, isto é, não pega fogo, e oferece uma grande resistência às chamas;
  • Regulação higrométrica: devido à porosidade do gesso, o bloco e um ótimo regulador de higrometria, ou seja, é capaz de absorver o excesso de umidade ambiente e devolvê-la quando encontra-se seco demais;
  • Produto ecológico:  o gesso contribui para a sustentabilidade, produzindo menos resíduo e desperdício de material;
  • Maior produtividade: os blocos de gesso oferecem mais rapidez para as obras, com menos etapas de construção;
  • Fácil execução: trabalhar com os blocos de gesso é muito fácil e seu processo de execução é bastante simples.

Quanto às desvantagens que os blocos de gesso podem impor ao utilizá-los é em relação a sua resistência à água e umidade. Como já sabemos, o gesso é um material pouco resistente à ação da água e, por isso, deve-se ter cuidado ao determinar o local onde será aplicado, não sendo indicado aplicar em áreas externas, por exemplo. Essa limitação é própria do material, mas a Blok, pensando em encontrar uma solução nesse sentido, desenvolveu BlokGesso: um hidrofugante para gesso! Assim, o uso de peças de gesso pode ser ampliado e você poderá aplicar gesso até em banheiros! Quer saber mais sobre esse produto que revolucionou o mercado do gesso? Leia o nosso artigo para se surpreender!

Agora que já explicamos quase tudo sobre os blocos de gesso, falta falarmos sobre o que as Normas Brasileiras dizem sobre os blocos de gesso. Vale ressaltar que é importantíssimo consultá-las antes de realizar qualquer procedimento. Elas orientam as técnicas que devem ser seguidas para obter o resultado esperado!

O que a NBR 16494 diz sobre os blocos de gesso?

A NBR 16.494 estabelece os requisitos para blocos de gesso com superfícies lisas para vedações verticais, para uso em construção civil.

Quais os requisitos gerais para os blocos de gesso?

Os blocos de gesso devem atender alguns requisitos estabelecidos pela norma, quanto aos parâmetros de umidade, armazenamento, acabamento, classificação, identificação de bloco de gesso por cor, pedidos de compra e marcação, rotulagem e embalagem. Vamos entender alguns deles.

Quais os padrões de umidade, armazenamento e acabamento dos bloco de gesso?

Os blocos de gesso, no momento da pintura, devem apresentar umidade menor ou igual a 4%. Já em relação ao armazenamento, os blocos de gesso devem ser armazenados em local seco e protegido, na forma recomendada pelo fabricante, para preservação de sua qualidade. E, por fim, quando falamos em acabamento, os blocos de gesso não devem apresentar obturações, fissuras, quebras e manchas que inviabilizem o acabamento final.

Qual a classificação do bloco de gesso?

A classificação dos blocos de gesso pode ser realizada quanto à:

  1. absorção de água: bloco simples (indicado para áreas secas) ou bloco hidrofugado (indicado para áreas molhadas, molháveis e secas). Para obter um bloco de gesso hidrofugado (bloco de gesso azul), utilize BlokGesso, que já falamos por aqui;
  2. densidade: bloco de baixa, média e alta densidade;
  3. dureza: bloco de baixa, média e alta dureza;
  4. distribuição da massa: bloco compacto e vazado;
  5. utilização ou não de fibras de reforço (bloco sem fibras ou bloco reforçado com fibras).

Qual a identificação de bloco de gesso por cor?

Para facilitar a identificação dos blocos de gesso nas obras, eles se apresentam de cores de diferentes. A tabela a seguir mostra como é feita a identificação por cor dos blocos de gesso:

NBR 16494 - Identificação do bloco de gesso por cor
NBR 16494 - Identificação do bloco de gesso por cor

  • Bloco de Gesso Verde: é o bloco de gesso de alta densidade, ou seja, apresentam uma densidade acima de 1.100 kg por metro cúbico;
  • Bloco de Gesso Branco (tradicional): bloco de gesso mais utilizado, que possui uma densidade média entre 800 e 1.100 kg por metro cúbico;
  • Bloco de Gesso Amarelo: esse bloco, pouco utilizado, possui uma densidade baixa, entre 600 e 800 kg;
  • Bloco de Gesso Rosa: são os blocos de gesso de alta densidade hidrofugados;
  • Bloco de Gesso Lilás ou Rosa: bloco de gesso de baixa densidade hidrofugados;
  • Bloco de Gesso Azul: o bloco de gesso azul é o bloco de gesso tradicional, porém hidrofugado.

Qual o Peso de um bloco de gesso?

A tabela a seguir mostra as densidades dos blocos de gesso:

NBR 16494 - Classificação da densidade para blocos em geral
NBR 16494 - Classificação da densidade para blocos em geral

Qual o tamanho de um bloco de gesso?

As dimensões dos blocos de gesso são determinadas pela espessura, comprimento e altura.

A espessura mínima de um bloco de gesso deve ser de 50 mm. Porém, as dimensões preferenciais são 50 mm, 70 mm, 76 mm, 80 mm e 100 mm para espessura, 666 mm para o comprimento e 500 mm para a altura.

O que a NBR 16657 diz sobre a execução com bloco de gesso?

A NBR 16657 estabelece os requisitos para a execução, inspeção e controle de alvenaria de vedação em blocos de gesso. É muito importante consultá-la antes de iniciar a execução dos trabalhos. Hoje, nosso foco não é falar sobre isso, mas fique atento que logo faremos outro artigo sobre o assunto!

Bônus! O que é mais barato: parede de bloco de gesso ou alvenaria tradicional?

Essa é uma pergunta que muitas pessoas fazem quando o assunto é bloco de gesso. Mas, o que você acha? Levantar uma parede com bloco de gesso é mais barato que alvenaria tradicional?

Além dos inúmeros benefícios que utilizar bloco de gesso traz, como rápida execução, menos produção de resíduo e isolamento termo-acústico, os blocos de gesso podem sair mais em conta do que optar pela alvenaria tradicional. Mas, ainda assim, é bom analisar os prós e contras de cada material para que faça a escolha certa, ok?

Espero que tenha aproveitado o artigo! E lembre-se, a Blok está pronta para qualquer desafio!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.