Confira Nosso Guia de Como Resolver Infiltração na Parede!

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
4/4/2020
Atualizado em
20/4/2021
Confira Nosso Guia de Como Resolver Infiltração na Parede!

Confira nosso guia de como resolver infiltração na parede!

Todo profissional da construção civil já deve ter precisado saber como resolver uma infiltração na parede. Afinal, essa é uma das manifestações patológicas mais comuns em todo o tipo de projeto, do residencial ao comercial. No entanto, a solução nem sempre é simples, demandando ações de prevenção e correção.

Esse problema não compromete somente a estética do edifício, mas traz problemas estruturais importantes caso uma medida não seja tomada rapidamente. Ademais, podem reduzir o conforto dos usuários da construção, que ficarão submetidos a um ambiente excessivamente úmido. Caso o mofo atinja a região, pode provocar doenças respiratórias, como a asma e a rinite alérgica.

Por esses motivos, preparamos um artigo para que você saiba como proteger seu projeto das infiltrações. Acompanhe até o final!

Silicone hidrofugante para fachada base água hidrorrepelente silano siloxano concentrado
BlokSeal CC
Silicone Hidrofugante
CONHEçA AGORA
Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial
MATERIAL GRATUITO

Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial

baixe grátis

Como identificar as infiltrações e a extensão dos danos?

Geralmente, as pessoas descobrem a infiltração depois que os primeiros sinais de dano ocorrem, como:

  • manchas e irregularidades nas paredes;
  • estufamento do revestimento;
  • desplacamento da tinta;
  • formação de gotículas de água na superfície, entre outras.

Em alguns casos, é possível que consequências mais graves já tenham ocorrido e seja necessário realizar uma reforma mais ampla.

As empresas de construção civil, em especial, devem ficar atentas a isso, pois, frequentemente, as infiltrações são silenciosas e se instalam em um ritmo muito lento. Então, elas entregam um projeto aparentemente perfeito para os clientes, mas os vícios começam a surgir pouco tempo após o uso. Isso é uma causa de insatisfação significativa e deve ser evitada.

No caso das empresas de construção civil, é possível fazer uma detecção precoce com o uso de sensores infravermelhos de termografia. As áreas com umidade apresentam uma temperatura diferente das regiões normais.

A gente não consegue perceber com os nossos sentidos, mas os equipamentos, sim. Com isso, você pode fazer um controle de qualidade. Os profissionais que trabalham com reforma também podem usá-los para identificar a extensão dos danos e evitar quebrar grandes extensões de parede.

Quais são as principais causas e formas de prevenir infiltrações?

As infiltrações geralmente não são o problema em si, mas consequências de outros maiores. Vejamos os principais a seguir.

Rompimento de tubulações

Quando um cano por onde passam líquidos se quebra, um vazamento pode se iniciar. Se ele for pequeno, é possível que a própria impermeabilização da parede consiga evitar a infiltração. No entanto, se ele for extenso, haverá uma quantidade importante de líquido, gerando a necessidade de quebrar todo o trajeto do tubo para encontrar a localização e fazer a substituição.

Quebra ou soltura de telhas

Uma causa muito frequente é o deslocamento das peças do telhado. Com isso, a água da chuva se infiltra na laje e penetra pela estrutura. É o que chamamos de umidade por intempéries. Nesse sentido, a principal ação preventiva é a impermeabilização flexível ou semiflexível da laje com materiais apropriados e de alta qualidade.

Revestimento e cobertura mal feitos

Ocorre principalmente em apartamentos e edifícios de andares. Mesmo que não haja um vazamento, a água do banho pode penetrar pelo piso. Para isso, é preciso utilizar de impermeabilizante semiflexível ou flexível nas áras úmidas e molhadas dos apartamentos.

Fissuras ou trincas nas fachadas

Eventuais problemas estruturais na área externa podem abrir fendas que trazem o acúmulo de água para materiais mais permeáveis, como os tijolos. A fim de evitar esse problema, a impermeabilização das fachadas é uma excelente estratégia de prevenção. Esse tipo de impermeabilização oferece a proteção necessária para que a estrutura da fachada não absorva água e transmita a umidade para dentro dos cômodos.

Fundação mal executada

Se o alicerce dos edifícios não for feito com o planejamento e a execução adequados, a umidade oriunda do solo pode penetrar no piso pelo processo de capilaridade. As principais formas de prevenção, nesse sentido, são o cálculo correto da profundidade da fundação e o uso de impermeabilizantes rígidos de qualidade e dosados corretamente na argamassa e no concreto utilizados.

Como resolver infiltração na parede?

Se você não adotou as estratégias de prevenção adequadas, possivelmente já está enfrentando os problemas da infiltração. Então, é preciso tomar alguns passos para corrigir.

  • identifique a causa do problema e atue diretamente para corrigi-la. Não adianta tentar fazer emendas e as famosas "gambiarras". É preciso ir na raiz: se é a tubulação, substitua a peça ou todo o sistema se ele for ruim. Se for a impermeabilização com material de baixa qualidade, substitua o reboco e a impermeabilização de toda a parede por um novo;
  • o segundo passo é remover toda a pintura e o reboco da região atingida pela umidade até visualizar a alvenaria;
  • procure por pontos de fissuração ou quebra e aplique localmente impermeabilizantes ou selantes;
  • então, é hora de preparar o chapisco, o qual deverá conter um bom aditivo dosado corretamente. Siga estritamente as recomendações do fabricante;
  • depois que o chapisco estiver seco, é hora de fazer o reboco com uma argamassa com aditivos do tipo impermeabilizantes;
  • o acabamento pode ser feito com uma tinta comum, com tintas impermeabilizantes ou outro revestimento de preferência do cliente.

Qual o papel da impermeabilização para o combate às infiltrações?

Impermeabilizar as superfícies e as estruturas é certamente a mais importante estratégia para evitar infiltrações. No entanto, não basta utilizar qualquer material ou fazer uma preparação incorreta para "economizar". É preciso encontrar um fabricante/fornecedor com produtos de alta tecnologia, visto que, nos últimos anos, a engenharia elaborou materiais muito mais eficientes para evitar a umidade nas construções.

Veremos, a seguir, como a impermeabilização pode ser implementada em cada etapa de uma obra.

Planejamento

Você deverá identificar todas as áreas molhadas (sujeitas à formação de lâminas de água por mais tempo) e molháveis (não acumulam lâminas, mas ficam expostas a respingos) e planejar o tipo de impermeabilização utilizada em cada uma: rígida, semiflexível e flexível. As duas primeiras são feitas em superfícies com pouca dilatação térmica, enquanto a última é para as regiões sujeitas a trincas e fissuras por dilatação ou movimentação.

Execução

Aplicação de aditivos impermeabilizantes nas massas, como o concreto, o gesso e a argamassa. Nas superfícies, poderão ser utilizadas as mantas, as tintas e as membranas.

Uso

Depois que os usuários já estiverem usando, você pode utilizar as técnicas que explicamos anteriormente.

Seguindo essas dicas, você já sabe exatamente como resolver infiltrações na parede indo diretamente na raiz do problema. Esse tipo de patologia exige uma solução rápida e precisa em vez de "jeitinhos" e "gambiarras". Caso contrário, seus clientes ficarão insatisfeitos.

Quer continuar recebendo excelentes dicas para melhorar a qualidade dos seus projetos? Então, não deixe de seguir nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, Youtube e LinkedIn.

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.