Você quer entender tudo sobre Silicone Acético?

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
25/3/2020
Atualizado em
20/4/2021
Você quer entender tudo sobre Silicone Acético?

Você já deve ter tido que vedar um box ou uma pia, se não, já deve ter pelo menos comprado o famoso silicone acético. Estou certo?

O selante de silicone acético é um dos selantes mais utilizados na construção civil brasileira e não é por menos. Esse selante possui uma grande versatilidade de aplicação, mas também algumas limitações.

Quer saber TUDO sobre selante de silicone acético e não errar na hora de escolher o silicone correto? Então venha comigo, irei te mostrar tudo sobre esse produto!

selante pu
BlokSil MS
Selante PU
CONHEçA AGORA
Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial
MATERIAL GRATUITO

Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial

baixe grátis

O que é o selante de silicone acético?

Como o selante de silicone acético é um dos selantes mais utilizados no nosso mercado, acredito que seja extremamente válido explicar o que ele é.

Caso você queira saber mais a fundo sobre ele e outros selantes, escrevi outro artigo, onde falo sobre todos os selantes, além de pontuar as vantagens e desvantagens de utilizar cada um deles, é só clicar aqui.

Então, irei começar a explicação pelo básico. Aqui estamos falando sobre selante e não de um adesivo, então esse tipo de categoria de produto servirá apenas para vedar estruturas e peças, onde é desejado com que água, ar ou outros líquidos não passem pela estrutura.

No caso do silicone acético, é muito comum utilizá-lo em aplicações como, selagem de box de banheiro, encontro de vidro com vidro e vidro com alumínio. Por esse motivo, o silicone acético é muito utilizado no segmento de vidros e esquadrias.

Sabendo que estou falando de um selante e não de um adesivo, então quando você ver um produto com o nome de “selante” não utilize ele para unir duas superfícies, como colar um espelho em uma parede, que é um erro muito comum de ser visto no mercado.

Dito isso, posso avançar na explicação do que é um selante de silicone acético, falando sobre o silicone. Silicone é a base química em que o selante de silicone é formulado. Existem diversos outras bases químicas que um selante pode ser formulado como polímeros de poliuretano (pu), polímeros acrílicos e polímeros híbridos.

Quando você for escolher a base química do selante, leve em consideração o tipo de aplicação e as exigências de uso que o meio aplicará sobre o selante. Se tiver quiser escolher o selante correto para a sua obra, veja esse artigo aqui.

Isso tudo pode parecer complicado, mas não é! Por isso, montei uma imagem ilustrativa, logo abaixo, que resume muito bem essa parte.

selante de silicone acético
Selante de Silicone Acético

O que significa cura acética?

O tipo de cura do selante é uma escolha muito importante na hora de definir o selante de silicone ideal para o local da sua obra. Então, primeiramente, irei explicar o que é a cura acética, para após isso, explicar suas implicações nas aplicações.

O selante de silicone é um material pastoso e de alta viscosidade, quando está dentro da embalagem, ao entrar em contato com a umidade do ar, ele inicia seu processo de cura.

Esse processo de cura do selante de silicone é por meio de hidrólise dos grupos reativos no final das cadeias do polímero, isso quando o material entra em contato com a umidade do ar.

Ao longo do processo de cura do selante de silicone acético, um subproduto é liberado, conhecido como ácido acético ou o famoso, vinagre. Por conta desse subproduto, a reação de cura é conhecida como acética.

Para que serve o silicone acético?

O selante de silicone acético, por conta dos silanos promotores de adesão, geralmente, possuem uma ótima adesão a substratos como vidros e superfícies metálicas.

Vale um ponto de atenção em relação às superfícies metálicas. Esse tipo de superfície deve ser de um material que não sofre oxidação pelo ácido acético ou que tenha um acabamento que não seja afetado por esse subproduto da reação de cura do selante.

Também por conta desse fato, não é recomendado o uso do selante de silicone acético em superfícies de argamassas cimentícias como, rejuntamentos ou revestimentos cimentícios em geral.

Isso porque o ácido acético liberado como subproduto da reação, irá reagir com os hidróxidos de cálcio e magnésio livres na argamassa cimentícia, ocasionando em uma reação ácido-base em que um sal e água serão formados. Este sal formado pela reação, promoverá uma falha adesiva do selante de silicone da superfície aplicada.

Então, para essa aplicação em superfícies cimentícias, caso seja uma exigência o uso do selante de silicone, opte em utilizar o selante de silicone de cura neutra.

Qual o tempo de secagem do silicone acético?

O processo de secagem de um material remete à uma questão relacionada a existência de algo que precisa evaporar do produto.

Devido à isso, de certa forma, é errado falar em tempo de secagem do selante de silicone, pois não há nada para ser evaporado, mas sim, de ser reagido e sofrer um processo de cura.

Mas nesse caso, podemos discutir uma outra característica dos selantes em geral, que é o tempo de formação de pele, ou seja, quando você encosta no selante, mas ele não suja mais o seu dedo.

Todos os selantes que curam por hidrólise terão uma cura semelhante ao selante de silicone acético. Esse tipo de cura inicia-se da parte do material que está em contato direto com a umidade do ar, para dentro do produto.

Dessa forma, há um gradiente de cura do produto, da parte em contato com o ar, para dentro. Por esse motivo o meio do material sempre é a última porção que irá curar.

Essa taxa ou gradiente de cura, tem como variáveis a umidade do ar e a temperatura. Quanto mais altas forem elas, mais rápido será a cura do selante.

Qual o tempo de cura do silicone acético?

Como eu disse no final do tópico anterior, o tempo de cura tem como variáveis a temperatura e a umidade do ar, ou do ambiente em que o selante de silicone está exposto.

Ainda assim, a maior influência no tempo de cura do selante de silicone acaba sendo a umidade do meio. Podemos até afirmar que, caso não haja umidade no ambiente, o selante não iniciará o processo de cura.

Mas voltando à pergunta inicial, o tempo médio de cura de um selante de silicone acaba girando em torno de 3 e 4 mm a cada 24 horas. Lembrando que essa taxa será sempre no sentido da parte em que o material está em contato com o ar, para dentro.

Qual a diferença do silicone e do pu?

Silicone e poliuretano (PU) são duas bases químicas diferentes em que os selantes podem ser formulados, assim como eles também podem ser formulados à base de outros polímeros como, acrílico e híbridos.

Uma importante distinção é que cada um desses materiais possuem suas vantagens e desvantagens, então é muito importante entender as exigências dos locais em que o selante escolhido será aplicado.

Escolhendo o tipo de material, poderá ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da aplicação, que poderá causar manifestações patológicas como eflorescências ou mesmo infiltrações em fachadas.

O que significa silicone pu?

De uma forma muito direta, silicone pu significa nada. Digo isso pois silicone e pu, como expliquei anteriormente, são as bases químicas que os selantes podem ser formulados.

Há uma confusão muito comum entre os termos silicone e selante, sendo selante comumente trocado por silicone e gerando uma dúvida em relação ao material que está sendo conversado.

Resumindo, silicone pu não existe. O que existe é selante de silicone e selante de poliuretano (pu). Primeiro é definida a categoria do produto e então a base química dele.

Qual a diferença entre o silicone acético e o silicone neutro?

Os selantes de silicone acético e selante de silicone neutro se diferem, basicamente, pelo tipo de cura em que eles sofrem quando em contato com umidade.

O selante de silicone acético libera o ácido acético durante o seu processo de cura, gerando aquele odor característico de um vinagre.

Já o selante de silicone neutro pode ter duas variações, o selante de cura neutra alcoólica, em que é liberado o metanol como subproduto e a outro tipo de cura é a cura oxímica, em que oxima é liberada do processo de cura do selante.

Silicone Acético faz Mal à Saúde?

Todos os produtos químicos possuem suas limitações quanto ao contato com o ser humano, por isso é sempre muito importante consultar a FISPQ do material que será utilizado.

Dito isso, uma pergunta muito comum quanto ao selante de silicone acético, é se ele faz mal à saúde, já que seu odor característico é muito forte.

Logicamente, não podemos assumir que inalar ácido acético por um longo período de tempo faça bem à saúde, porém uma curta exposição também não trará alguma mal à saúde de quem está aplicando.

Mas, mais uma vez, sempre é recomendado ler a FISPQ do produto químico que será utilizado, previamente à aplicação dele.

Resumindo todas as informações sobre selante de silicone acético

Neste artigo, trouxemos para você as principais e mais importantes informações sobre selante de silicone acético que irá utilizar em suas obras.

Foi definido o que é um selante de silicone acético, o que quer dizer cura acética, bem como suas principais aplicações e limitações.

Também expliquei o que é tempo de secagem, formação de pele e a taxa de cura de um selante de silicone acético.

Expliquei a diferença entre silicone e pu, além de mostrar que silicone pu é um termo utilizado equivocadamente por muitos profissionais.

Por último, falei sobre a exposição do aplicador ao selante acético e se esse produto traz algum tipo de risco quanto ao seu odor característico de ácido acético.

Se você chegou até aqui em nosso artigo, acredito que devem haver algumas dúvidas que surgiram ao longo dessa leitura. Então, deixe seu comentário logo abaixo que eu, pessoalmente, irei responder cada uma das perguntas e dúvidas colocadas aqui embaixo.

Lembre-se, o nosso compromisso é com você, profissional da construção civil, que está sempre buscando novas informações para se aperfeiçoar e fazer parte da elite dos profissionais da construção civil brasileira. Conte comigo e com a Blok, para qualquer desafio.

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.