Saiba como usar e manter esses 5 tipos de piso de concreto

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
31/3/2020
Atualizado em
20/4/2021
Saiba como usar e manter esses 5 tipos de piso de concreto

Os mais diversos tipos pisos de concreto são, cada vez mais, utilizados na construção civil. À medida que novas tecnologias e técnicas foram implementadas, foi possível melhorar a resistência mecânica e a flexibilidade das peças. Tudo isso com a redução do risco de manifestações patológicas relacionadas a quebras, fissuras e trincas.

Contudo, para obter esses benefícios, é preciso realizar uma manutenção periódica dos pisos com estratégias de impermeabilização e endurecimento do piso. Quer saber tudo sobre o tema? Confira!

Endurecedor de Superfície
Blok Endupiso
Endurecedor de Superfície para Concreto
CONHEçA AGORA
Eflorescência: Saiba Tudo Sobre Essa Patologia
MATERIAL GRATUITO

Eflorescência: Saiba Tudo Sobre Essa Patologia

baixe grátis

5 tipos de piso de concreto



Aqui no Brasil, há cinco métodos mais utilizados para a fabricação de pisos de concreto.  

1. Simples

Esse tipo de piso de concreto não utiliza nenhuma estrutura interna para aumentar a resistência mecânica do concreto. Desse modo, precisa contar com uma sustentação externa para evitar a quebra e a fissuração. Por esse motivo, geralmente é utilizado como piso em construções residenciais ou comerciais de pequeno porte. Sendo assim, muitas vezes, conta com uma espessura grande e uma maior quantidade de juntas por metro quadrado.

Em áreas menores, o piso de concreto simples pode ser batido e aplicado com a massa úmida em projetos com menor circulação de cargas e pouca dilatação térmica. No entanto, o mais comum é a utilização de placas com juntas. Ou seja, as placas serão separadas por alguns milímetros conforme a expansão esperada devido à temperatura da superfície. Assim, é possível evitar que as peças se quebrem ou empenem pela falta de espaço para acomodação.

Essas juntas são conhecidas como juntas de dilatação. Esse espaço das juntas de dilatação, por mais que possa, não é recomendado que fique sem proteção, por isso são utilizados selantes que preenchem o espaço, acompanham a movimentação e não deixam com que sujeiras tomem conta do espaço que o piso tem para trabalhar.

2. Armado

No caso do concreto armado, há um reforço simples ou duplo de armaduras internas. Elas ajudam a manter a coesão das peças ou pisos, a reduzir a retração devido ao estresse térmico, mecânico ou da cura do concreto e a distribuir o peso incidente sobre a superfície, entre outros benefícios. Por essa razão, pode ter uma espessura menor em comparação ao piso simples, bem como a densidade das juntas por metro quadrado poderá ser menor.

As armaduras melhoram bastante a durabilidade dos pisos. No entanto, isso não significa que o armado é melhor do que o simples. Por demandar um processo de fabricação mais complicado, eles são relativamente mais caros. Em projetos de pisos instalados diretamente no solo e com bom planejamento de juntas, o simples é excelente. No entanto, em edifícios e construções mais sofisticadas, o armado é melhor.

3. Protendido

É uma das tecnologias mais avançadas em termos de estrutura de concreto. A armadura metálica apresenta uma trama complexa e densa com um sistema progressivo de transferência da carga. Além das barras metálicas rígidas, também é instalado um sistema de cabos de aço. Durante o processo de fabricação, eles são colocados no concreto não curado e ficam conectados a um conjunto de macacos hidráulicos.

Esses equipamentos vão tensionar os cabos à medida que o concreto atinge o nível de resistência desejado pelo calculista. A força da tensão dos cabos também é dimensionada pelo profissional, de acordo com as necessidades do projeto.  

Com isso, alguns benefícios são atingidos: aumento da resistência mecânica do concreto, maior flexibilidade, redução das fissuras, menor densidade de juntas e maior durabilidade.

4. Com fibras metálicas

Em vez de utilizar uma armadura tradicional com barras e vigas metálicas, esse tipo de piso utiliza fibras metálicas. Com isso, é possível adicionar a parte estrutural durante a fabricação do concreto, sem ter que fazer a etapa de colocação das malhas.

Além disso, as fibras são mais conformáveis e flexíveis e, portanto, aumentam a resistência mecânica diante da tração e a capacidade de lidar com a dilatação térmica. Isso também reduz a quantidade de juntas e melhora bastante a prevenção de fissuras, já que as fibras ficam homogeneamente dispostas no concreto.

5. Com fibras sintéticas

Em termos estruturais, as fibras sintéticas são muito semelhantes às metálicas. Porém, o material utilizado é diferente, os polímeros plásticos. Elas facilitam o trabalho do concreto durante a fabricação. Entretanto só podem ser aplicadas em pisos que ficarão sujeitos a cargas leves e intermediárias. Outra vantagem importante é a resistência à corrosão, evitando as manifestações patológicas relacionadas ao enfraquecimento das malhas metálicas.

Outra vantagem do uso desse tipo de fibra é a auxiliar na distribuição homogênea dos agregados finos e graúdos em todo o perfil do concreto, sem que haja uma segregação. Dessa forma, o concreto ficará mais homogêneo, com maior resistência e melhor acabamento final.

A manutenção dos pisos de concreto

A manutenção dos pisos de concreto não tem muito desafios, se ela for feita de forma preventiva. Por outro lado, a manutenção corretiva é muito complexa e, geralmente, demanda a substituição integral das peças, caso a armadura metálica esteja significativamente corroída, estucagem de pontos degradados ou mesmo ter que refazer locais onde está intransitável, como acontece em muitos casos de pisos industriais.

O grande desafio nesse caso é a prevenção da umidade, pois ela é responsável por grande parte dos problemas. Um concreto não impermeabilizado vai absorver uma quantidade maior de água. Os líquidos, naturalmente, se dilatam volumetricamente mais do que os sólidos. Então, uma peça ou piso com muita umidade em seus poros vai apresentar uma pressão interna muito maior e uma propensão a fissuras.

Além disso, lentamente, ela pode lavar os minerais presentes do concreto, reduzindo sua resistência mecânica. Visualmente, não há nada alterado com o concreto, mas, em um nível microscópico, a densidade das partículas sólidas está reduzida. Então, diante de cargas, pode haver a quebra do piso.

Superficialmente, ainda pode ocorrer um processo chamado de erosão — o desgaste superficial causado pelos fluxos de água. Nesse sentido, a impermeabilização por meio de hidrofugantes pode ser interessante para aumentar a tensão superficial e amenizar os efeitos.

Outra forma de prevenir o desgaste excessivo da superfície do piso de concreto, é utilizando endurecedores de superfície preventivamente. Com isso, haverá um aumento da resistência à abrasão do piso de concreto e reduzindo manutenções futuras relacionadas ao seu desgaste.

A hidrofugação, selagem e endurecimento dos pisos de concreto

Portanto, uma manutenção eficiente tem como base um projeto de hidrofugação, endurecimento e selagem adequados que levam em conta as características e o uso do piso. Com isso, é preciso eleger os tipos e os sistemas corretos.

Endurecimento da superfície do concreto

O endurecimento de superfície do piso de concreto pode ser feito tanto em pisos industriais, quanto em pisos de concreto residenciais. Aqui, o objetivo é de aumentar a resistência à abrasão da superfície, reduzindo o desgaste ao longo do tempo e aumentando a durabilidade e acabamento do piso.

O trabalho de endurecimento deve ser visto como uma medida preventiva ao desgaste do piso e não como uma medida reativa, após o piso já estar danificado. Dessa forma, reduzindo o custo das manutenções ao longo dos anos.

Esse tipo de aplicação é muito simples, e por isso deve ser considerada ser feita sempre que possível. Basta o piso estar limpo e seco para a aplicar o endurecedor de superfície. A aplicação do produto pode ser feita com pulverizador manual ou mecanizado, de acordo com o local e as indicações do fabricante do produto.

Após a cura do produto, o tráfego já pode ser liberado normalmente, com a garantia que o piso terá um desgaste muito menor, além de manter a aparência de novo por mais tempo.

Hidrofugação do piso de concreto

Não basta ter um piso novo ou com a manutenção em relação ao endurecimento superficial em dia, também é preciso protegê-lo de outras formas de agressão do meio externo.

Uma delas é a penetração de água em sua estrutura. Já falei em outros artigos sobre manifestações patológicas que acontecem quando há infiltrações, e no piso de concreto não é diferente.

Proteger o piso de concreto contra a umidade é uma das formas mais importantes para mantê-lo íntegro e com poucas manutenções ao longo do tempo.

Por isso é importante utilizar produtos que repelem a entrada de água, como hidrofugantes e vernizes.

Selagem das juntas de dilatação

Todas as estruturas sofrem algum tipo de movimentação devido ao gradiente térmico do ambiente. Não diferente, os pisos de concreto também são afetados.

Devido às variações de temperatura os pisos de concreto sofrem variações dimensionais e, por isso, eles precisam ter um espaçamento mínimo entre os panos, de acordo com o projeto estrutural do piso ou das peças pré-fabricadas.

Esses espaçamentos são chamados de rejuntamentos, no caso de peças pré-fabricadas ou de juntas de dilatação, no caso de pisos de concreto industriais.

Para que esses espaços sejam preservados e as peças ou pisos de concreto consigam se movimentar sem obstáculos, rejuntamentos são colocados ou, no caso de pisos industriais, selantes são utilizados para preencher esses espaços. Com isso, permitindo com que os panos se movimentem e não surjam trincas ou fissuras nos pisos.

Portanto, todos os tipos de piso de concreto são opções extremamente duráveis e versáteis na sua obra. Com uma manutenção preventiva adequada, é possível evitar a maioria das manifestações patológicas e ficar tranquilo em relação à segurança da estrutura.

O artigo foi informativo para você? Então, compartilhe o post nas suas redes sociais para que todos possam saber as vantagens dos pisos de concreto!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.