Conheça Tudo Sobre Rejunte Impermeável

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
7/9/2020
Atualizado em
20/4/2021
Conheça Tudo Sobre Rejunte Impermeável

Infiltrações podem gerar sérios problemas, inclusive comprometer a integridade física da construção. O rejunte impermeável protege e veda frestas, evitando a penetração de água, além de proporcionar um resultado estético mais agradável.

O rejunte impermeável é uma argamassa aplicada entre placas de revestimento, como azulejos, cerâmicas e porcelanatos. Esse material é importante para proteger a estrutura e diminuir as chances da proliferação de mofo e fungos, evitando transtornos e prejuízos.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo este post e descubra os tipos mais comuns de rejuntes impermeabilizantes e onde utilizá-los. Boa leitura!

Sem Tempo Para Ler? Clique no Play Abaixo para Ouvir Esse Conteúdo!
Silicone hidrofugante para fachada base água hidrorrepelente silano siloxano concentrado
BlokSeal CC
Silicone Hidrofugante
CONHEçA AGORA
Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial
MATERIAL GRATUITO

Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial

baixe grátis

Tipos de rejuntes impermeáveis

Existem três tipos de rejuntes: cimentício, acrílico e epóxi. Para decidir pelo ideal, é preciso analisar as necessidades e funcionalidades dos ambientes, além do tipo de acabamento desejado. Veja os rejuntes impermeáveis mais usados na construção civil.

Cimentício

O rejunte cimentício é um produto flexível e à base de cimento, polímeros, areia fina, pigmentos e aditivos. Esse material é mais indicado para ser aplicado em cômodos, como salas, corredores e quartos.

Em áreas molhadas, como cozinhas e banheiros, esse tipo de produto precisará de manutenção mais frequente. Os rejuntes cimentícios também são utilizados nas fachadas das edificações e costumam ser a opção mais barata. Por ser um material áspero, oferece acabamento rústico.

Acrílico

O rejunte acrílico é feito de resina acrílica, cimento, polímero, componentes minerais e aditivos, conferindo alto desempenho. É resistente contra a formação de fungos, possui textura fina e acabamento liso. Esse produto é muito prático de ser aplicado e tem alto potencial impermeabilizante.

Com efeito liso, esse tipo de rejunte é recomendado para mármores, cerâmicas, granitos e porcelanatos. Sua versatilidade permite que seja utilizado em áreas internas e externas, como banheiros, lavanderias, garagens e cozinhas.

Epóxi

O rejunte do tipo epóxi também é impermeável e composto por resina epóxi e catalisadores, que deixam a massa bem resistente. Esse material oferece acabamento mais sofisticado e tem custo um pouco mais alto que os demais. Possui alta resistência e acabamento extraliso.

Esse produto é especialmente recomendando para revestir pisos de piscinas e saunas, mas também pode ser aplicado em áreas internas e externas, como pisos e paredes. O rejunte epóxi tem ação bactericida e evita proliferação de fungos e bactérias, além de ser de fácil limpeza.

Vale ressaltar que o rejuntamento epóxi possui baixa resistência aos raios UV. Por isso, se a aplicação for em local de alta incidência de raio solares, esse tipo de rejunte pode se degradar com facilidade, gerando manutenções constantes.

Vantagens em aplicar o rejunte na construção

O rejunte, além de ser impermeável, é resistente a manchas, não permite que a sujeira grude na superfície e evita a formação de fungos e bactérias, deixando o ambiente esteticamente mais bonito e agradável. Além disso, esse produto diminui as chances de danos à edificação, protegendo a estrutura e garantindo mais durabilidade e segurança para a obra.

Como aplicar o rejunte

Antes da aplicação, é importante que o local seja limpo e esteja completamente seco. Cada produto deve ser preparado de acordo com as instruções do fabricante e aplicado em até duas horas e meia. Para evitar o atrito das peças com a superfície, o rejunte pode ser colocado com espátula ou desempenadeira de borracha.

O ideal é esperar o produto secar, cerca de 40 minutos, para que seja retirado o excesso com uma esponja úmida e macia, finalizando com um pano seco e limpo. É importante lembrar que o rejunte não substitui a correta impermeabilização da superfície antes do assentamento do piso ou do revestimento.

Portanto, o rejunte impermeável é fundamental para garantir durabilidade e resistência aos revestimentos da sua residência, além de deixar os ambientes mais agradáveis e bonitos.

Gostou do artigo? Compartilhe nas suas redes sociais e informe seus amigos sobre a importância da utilização de rejunte impermeável na construção!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.