Impermeabilização de Lajes: Conheça 5 Tipos de Impermeabilizantes Para Sua Obra!

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
20/2/2020
Atualizado em
20/4/2021
Impermeabilização de Lajes: Conheça 5 Tipos de Impermeabilizantes Para Sua Obra!

A impermeabilização de lajes é um dos processos mais importantes para a proteção de uma construção contra os efeitos da umidade. Afinal, essa é a área com maior contato direto com a água devido às chuvas. Além disso, está sujeita à ação de ventos e outras intempéries, o que pode comprometer a vedação da laje.

Portanto, é imprescindível contar com um reforço de qualidade. Assim, por mais que as superfícies estejam sujeitas a altos riscos, será possível evitar infiltrações e outras patologias nos edifícios.

Quer saber mais sobre o processo de aplicação e os diferentes tipos de impermeabilização de que podem ser utilizados? Continue a leitura do nosso artigo e confira!

Sem Tempo Para Ler? Clique no Play Abaixo para Ouvir Esse Conteúdo!
argamassa polimérica flexível estruturada
Blok ST
Resina Impermeabilizante para Argamassa Polimérica Flexível Estruturada
CONHEçA AGORA
[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva
MATERIAL GRATUITO

[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva

baixe grátis

Como é o processo de impermeabilização em lajes?

Esse processo se inicia com a elaboração de um projeto de impermeabilização. A NBR 9575 estabeleceu sua obrigatoriedade antes da execução de qualquer serviço.

Para isso, o prestador vai verificar todo o seu planejamento da construção e verificar quais são os melhores impermeabilizantes para cada região, inclusive a laje.

Assim, você garante a total compatibilidade dos produtos com a superfície e evita problemas, como falha adesiva entre o produto e o substrato, cotas para aplicação do impermeabilizante e juntas de dilatação.

Depois disso, a implementação de uma solução depende muito do impermeabilizante que será utilizado. Em geral, há apenas uma estratégia para a aplicação dos produtos: a aplicação direta sobre as superfícies, ficando apenas à critério da empresa que irá aplicar, a especificação do produto correto.

O impermeabilizante é aplicado em camadas sobre as superfícies sólidas com o uso de vários instrumentos, como rolos, pincéis e, até mesmo, vassouras especiais.

Com a secagem de cada camada, outra é aplicada até que haja a vedação completa. Há dois tipos de processos diferentes aqui: a frio e a quente.

Geralmente, as mantas asfálticas impermeabilizantes necessitam de altas temperaturas para aderir adequadamente às superfícies. Assim, a instalação pode ser um pouco mais complexa e demorada.

Por sua vez, as membranas de argamassas poliméricas ou as acrílicas podem ser aplicadas a frio, pois apresentam substâncias naturalmente aderentes à temperatura ambiente.

Onde é feita a aplicação do impermeabilizante?

A aplicação do impermeabilizante pode ser moldada no local ou utilizar produtos pré-fabricados. As mantas são pré-fabricadas em rolos com tamanho padrão e instalada de acordo com as medidas tiradas pelo aplicador e montadas na sua construção rapidamente. Já se a aplicação utilizar produtos de moldagem in loco, serão executados os processos que explicamos no item anterior.

Em relação à estrutura de aplicação, a impermeabilização pode ser feita diretamente sobre a laje, após sua regularização. Para reforçar a proteção, algumas pessoas preferem aplicar tanto na laje quanto no telhado. Essa ação pode ser recomendável em locais com clima bastante hostil, com ventos frequentes e tempestades.

Por fim, deve-se atentar sobre a necessidade de proteção do impermeabilizante. Alguns materiais, como a manta asfáltica, não têm uma resistência aos raios ultravioleta suficiente para suportar a exposição constante ao Sol, como uma laje fica exposta. Nesse sentido, é necessário aplicar um argamassa de proteção sobre a manta asfáltica.

Quais são os tipos de impermeabilização de lajes?

Como explicamos, há diferentes formas de aplicar um impermeabilizante. A seguir, veja os principais tipos de impermeabilização.

1. Rígida

É feita com aditivos sobre argamassas tradicionais da construção civil, como a argamassas de gesso ou cimento. Quando adicionada, aumenta a tensão superficial do material — para que ele seja capaz de repelir a água — ou forma estruturas moleculares com baixíssima porosidade.

No entanto, não se adapta bem à dilatação térmica, pois é sensível a fissuras. Então, não deve ser utilizadas em lajes.

2. Flexível

Geralmente, é aplicada sobre as superfícies das lajes. Os materiais utilizados apresentam boa elasticidade e podem se adaptar à dilatação da estrutura ocasionada pela variação térmica. Em caso de fissuras, eles também podem se conformar a elas.

3. Semi-Flexível

Apresenta uma maior flexibilidade, em relação à rígida, mas não deve ser utilizada em superfícies sujeitas à dilatação. Por isso, nas lajes, é muito mais seguro usar a impermeabilização flexível, pois uma maior conformação às movimentações e dilatações da estrutura.

Quais são os tipos de impermeabilizantes para lajes?

1. Membrana Acrílica

Fabricada a partir da emulsificação de diversos polímeros termoplásticos. Com isso, ganha alto poder adesivo, muita flexibilidade e resistência mecânica. Deve ser aplicada com várias demãos a frio. Todavia, não deve ser utilizada em lajes nas quais seja possível acumular lâminas d'água, uma vez que pode haver a interação entre a água e a membrana acrílica.

2. Argamassa Polimérica

Esse tipo de impermeabilizante é resultado de mistura entre polímeros acrílicos e cimento. Esse tipo de impermeabilizante possui elevada resistência à exposição ao Sol e é aplicado à frio, facilitando a aplicação pela mão de obra especializada. Outra vantagem desse tipo de produto, é a não reemulsionabilidade pelo acúmulo de água, como é o caso das membranas acrílicas.

3. Manta Asfáltica

Utiliza o asfalto como base e, de acordo com os objetivos, pode incluir outros materiais — como a fibra de vidro e o polietileno. É flexível, porém apresenta baixa resistência mecânica e também baixa resistência aos raios ultravioleta, o que pode provocar a degradação do material.

A instalação geralmente é feita a calor para garantir a adesão total. Foi uma das técnicas mais utilizadas no mercado, mas, hoje em dia, as membranas aplicadas a frio tomaram a sua liderança.

Quais são os principais cuidados na hora de impermeabilizar uma laje?

O sucesso da sua estratégia dependerá de dois fatores principais: a qualidade dos produtos e a capacidade técnica do instalador. Por essa razão, você precisa adquirir seus impermeabilizantes com fornecedores confiáveis, altamente recomendados e com ampla experiência nas soluções para a construção civil.

A Blok está atuando há quase 30 anos no mercado, investindo em respeito, transparência e seriedade. Todos os produtos foram desenvolvidos com alta tecnologia e processos de controle de qualidade. Além disso, oferecemos um suporte técnico parceiro, o qual tirará todas as suas dúvidas e solucionará os seus desafios rapidamente.

Já os instaladores precisam ter conhecimento especializado em impermeabilização. Não utilize uma mão de obra sem capacitação para executar os serviços. Senão, poderão ser necessárias vários retrabalhos, aumentando os custos final do projeto.

Como vimos, a escolha da impermeabilização de lajes deve ser assistida por um profissional habilitado e precisa contar com um projeto que siga todos os requisitos das normas brasileiras, 9474 e 9575. Além disso, essas estruturas demandam cuidados reforçados e, por isso, é preciso contar com os melhores produtos do mercado.

Quer saber mais sobre como podemos auxiliar a sua empresa com projetos de impermeabilização bem-sucedidos? Então, não deixe de entrar em contato conosco!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.