Tipos de Gesso: Guia Completo para a Sua Obra

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves

Gesso: Entenda Os Diferentes Tipos Para Sua Obra

Construção civil, agropecuária, indústria de fundição, indústria cerâmica e odontologia são áreas que utilizam o gesso, por conta das suas características físico-químicas surpreendentes. Mas, você quer entender mais a fundo porque é um material multifuncional utilizado em áreas nem sempre relacionadas? E também, quais são os diferentes tipos que você pode utilizar na sua obra? Você encontrará tudo aqui, além de descobrir como melhorar o seu trabalho com o gesso!

Se você é um profissional que trabalha com gesso, saiba que, além de conhecer toda a prática para manusear o material, é importante compreender aspectos mais teóricos, como a origem do gesso bem como a sua composição química. Vamos te ajudar com isso!

Mas também, além de conhecer sobre suas diversas aplicações, o foco aqui será dado para o gesso utilizado na construção civil  para que consigamos dar a informação que você precisa para melhorar ainda mais seu trabalho!

Depois de terminar de ler esse artigo, você terá aprendido não só sobre as características e aplicações do gesso, mas também como melhorar a trabalhabilidade do material além de saber como aumentar a durabilidade, qualidade e resistência das peças fabricadas! Quer saber tudo isso? Venha com a gente!

Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso
MATERIAL GRATUITO

Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso

baixe grátis

Qual é a Origem do Gesso?

Hoje em dia, você encontra gesso facilmente em qualquer loja de construção, não é? Mas já parou para pensar de onde ele vem e qual o processo que passa para chegar até você, ensacado e pronto para ser utilizado?

Então, vamos entender. O gesso é um dos mais antigos materiais de construção fabricado pelo homem e sua obtenção é bem simples. O processo consiste num aquecimento a uma temperatura não muito elevada (cerca de 160º C) da gipsita, minério abundante no Brasil, que depois sofre uma redução a pó.

Basicamente, esse procedimento pode ser dividido em etapas, a saber: depois de extraídos os blocos de minério, eles sofrem os processos de britagem (fragmentação dos blocos da gipsita), calcinação (tratamento térmico em que a gipsita é desidratada), moagem e embalagem.

Os maiores depósitos de gipsita encontram-se na região do Araripe, no nordeste, onde está o Polo Gesseiro do Araripe.

Visto isso, vamos explicar, de forma simples, qual é a composição química do gesso. Mas, pode ficar tranquilo que não vamos te assustar com imensas equações químicas!

Qual é a Composição Química do Gesso?

O gesso é composto por sulfato de cálcio hemi-hidratado, CaSO4.½ H2O, que é obtido através da reação de calcinação da gipsita, representada pela seguinte equação:

reação de calcinação da gipsita
Reação de Calcinação de Gipsita

Como você já sabe, a calcinação é uma etapa do processo de produção do gesso e essa equação representa a desidratação da gipsita para a obtenção do gesso que encontramos no mercado.

Viu como não foi difícil? Agora que você já entendeu como o gesso é produzido e qual sua composição, vamos saber onde ele pode ser utilizado!

Aplicações do Gesso

Como dissemos lá em cima, nosso foco é estudar o gesso na construção civil, mas agora vamos dar um panorama geral para você ter uma ideia da imensa diversidade de áreas que podem se beneficiar com o uso desse material.

Na saúde, o gesso é utilizado na odontologia para fazer moldes e modelagens para fazer aparelhos ortodônticos, próteses e restaurações. Também, a ortopedia usa o gesso para imobilizar membros que tenham sido fraturados, permitindo que a reconstituição do osso seja mais rápida.

Você sabia que o gesso também é usado na agricultura? A gessagem agrícola é feita para reduzir a toxidez por alumínio no solo e fornecer Ca e S, nutrientes que fortalecem o sistema radicular das plantas.

Além disso, o gesso é utilizado nas indústrias cerâmicas e de fundição. Nesses casos, o gesso serve como moldante de forma para construção de peças pré-moldadas e para desenformá-las mais rapidamente, visto que é um gesso mais rápido.

Enfim, chegamos ao que interessa: o gesso na construção civil. Temos as seguintes aplicações do gesso nesse ramo, a saber:

  • Revestimentos: recobrimento de paredes, tetos e superfícies com argamassa de gesso para dar um acabamento liso e perfeito;
  • Divisórias: podem ser feitas com blocos ou painéis de gesso para separar ambientes. Podem ser usados também gesso acartonado (drywall) para essa finalidade;
  • Forros: o gesso é uma opção muito vantajosa para ser usado para esse fim, pois além de decorar o ambiente, conta com todos os outros benefícios que esse material proporciona. Pode ser feito com placas de gesso ou drywall;
  • Decoração: o gesso é um grande aliado da arquitetura de interiores. Por conta da sua versatilidade, podem ser feitas molduras, frisos, sancas, iluminação embutida, revestimentos de colunas, rebaixamento de teto e tantos outros elementos que compõem a decoração dos ambientes!

Viu como o gesso é um material multifuncional? Com certeza, a construção civil é o ramo que mais explora a utilização do gesso, mas deu pra perceber que ele é essencial para outras áreas também! Já que seu interesse é fabricar peças de gesso para a construção civil, vamos agora dar algumas dicas para facilitar seu trabalho. Leia a seguir o que preparamos para você!

Diferença entre Gesso Lento e Gesso Rápido

Agora, uma breve explicação sobre gesso lento e gesso rápido. O gesso lento, como o próprio nome já diz, demora mais para endurecer, isto é, seu tempo de secagem é mais lento, o que gera um ganho de tempo adicional para manusear e fabricar as peças de gesso. Esse tipo de gesso é utilizado em paredes de concreto, tijolos cerâmicos, alvenaria e tetos.

Já o gesso rápido, pelo contrário, seca bem mais rápido, de 9 a 12 minutos até pegar forma depois de aplicado. Ele deve ser utilizado para fins específicos, como para fazer pequenas reformas e trabalhos manuais ou artesanais, fundir molduras e revestir superfícies internas. O gesso rápido pode ser ideal para esses casos, mas se demorar muito para manusear, ele pode endurecer antes da aplicação e, assim, gerar desperdícios e gastos.

Portanto, a questão de retardar o endurecimento do gesso é importante para melhorar a trabalhabilidade do gesso, que é o que veremos no próximo tópico.

Como Melhorar a Trabalhabilidade do Gesso?

Muitas vezes, para aumentar o tempo de secagem do gesso e, assim, facilitar seu trabalho, ganhando mais tempo para manusear e fabricar as peças, é necessário utilizar um aditivo para retardar o endurecimento do gesso.

Esse aditivo é indispensável para profissionais do gesso, por melhorar a trabalhabilidade deste material. Pensando nisso, a Blok desenvolveu um aditivo que atrasa o endurecimento do gesso, promovendo mais facilidade para executar seus trabalhos com mais tempo e evitando o desperdício, o BlokGesso Lento.

BlokGesso Lento permite a dosagem de acordo com o tempo necessário em aberto da mistura de gesso, diminuindo o desperdício de argamassa de gesso já curado e aumentando o tempo de acabamento e alisamento durante a aplicação. Não tem porque não usar!

Inovação no Mercado de Gesso

A maior limitação que o gesso impõe para quem trabalha com esse material é, até então, a impossibilidade de utilizá-lo em áreas externas ou úmidas, por conta dele não suportar o contato direto com água ou umidade.

Mas, a Blok desenvolveu um hidrofugante para revolucionar a indústria do gesso, o BlokGesso, que promove a hidrofugação em qualquer peça de gesso e aumenta a durabilidade do material quando exposto à umidade além de possuir alto rendimento.

Por isso, BlokGesso é a inovação no mercado de gesso, pois você conseguirá agregar ainda mais valor aos seus artefatos em gesso e multiplicar seus lucros!

Se quiser entender melhor como funciona o processo de hidrofugação em gesso, acesse nossa matéria aqui!  

Também conheça nossos outros produtos para gesso para aumentar ainda mais a sua produtividade e qualidade nas peças fabricadas! Conte com a Blok Para Qualquer Desafio.

Quer ver todos os artigos do blog?
Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso
Gesso Hidrofugado - A Revolução da Indústria do Gesso

Quer valorizar ainda mais os seus produtos? Prepare-se para uma nova fase nos seus negócios. Faça como diversas indústrias que têm agregado cada vez mais valor aos seus produtos e reduzido de forma significativa os seus custos com desperdício de material, ganhando cada vez mais espaço no mercado.

baixe grátis