Guia Completo de Argamassas Colantes: AC1, AC2 e AC3

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves

Tudo sobre Argamassa Colante: AC1, AC2 e AC3 ( ou AC-I, AC-II, AC-III )

É muito comum, nas obras, surgir a dúvida sobre qual argamassa colante usar AC1, AC2 e AC3 ( ou AC-I, AC-II, AC-III ). Quase sempre, a escolha do tipo de argamassa influencia na durabilidade e qualidade da construção. Isso porque cada tipo de argamassa é indicado para uma situação, então, se fizer a escolha errada, provavelmente terá que enfrentar problemas futuros, com retrabalhos e gastos adicionais. Aposto que não é o que você quer!

Então, preparamos este artigo, onde você encontrará tudo sobre os três tipos de argamassas colantes: argamassas AC1, AC2 e AC3 ( ou AC-I, AC-II, AC-III ). E aqui também vamos te dar toda a informação que precisa para que você não corra o risco de ter que reparar danos causados pela escolha errada da argamassa colante.

Existem diversos problemas que são ocasionados pelo uso errado da argamassa colante, como descolamento de peças cerâmicas e trincamentos, o que exige reparo, geralmente, caro e trabalhoso! Além disso, podem aparecer outros problemas mais graves também, quando se trata de revestimentos cerâmicos.

Mas, apesar dos sérios danos que podem aparecer por conta do uso incorreto das argamassas colantes, a boa notícia é que, na maioria das vezes, são simples de evitar. E, com certeza, você vai querer tomar as providências antes que dê dor de cabeça, certo? Por isso, estamos aqui hoje para te ajudar a fazer a escolha da argamassa colante certa para garantir uma obra com qualidade e menos problemas futuros! Vamos, lá?

[PDF Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva
MATERIAL GRATUITO

[PDF Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva

baixe grátis

O que é Argamassa Colante AC?

A argamassa colante é utilizada no assentamento de peças cerâmicas, porcelanato e pedras (mármores e granitos). Ela é normalmente composta de cimento e areia, assim como as argamassas comuns, mas recebe aditivos químicos para aumentar a aderência e a capacidade de reter água. Quando misturada em água, torna-se uma massa viscosa, plástica e aderente, com boa elasticidade e trabalhabilidade, ideal para ser utilizada nos assentamentos.

Você sabe que a argamassa colante é indispensável para qualquer obra, mas sabe que na hora de especificar o tipo da argamassa colante precisa considerar alguns pontos? Algumas variáveis determinantes para o desempenho da argamassa colante são:

  • ambiente de aplicação (externo ou interno);
  • variação de temperatura;
  • tipo de superfície (parede ou piso);
  • tipo de revestimento;
  • tamanho das peças.

Agora que você já tem uma noção do que é e o que deve ser levado em consideração na hora de escolher o tipo de argamassa colante, vamos entender melhor quais são elas.  

Quais os tipos de Argamassa Colante? Qual a diferença entre elas?

São três tipos de argamassa colante mais utilizados nas obras: AC1, AC2 e AC3  ( ou AC-I, AC-II, AC-III ), sendo que todas elas são compostas por cimento, areia (ou outros agregados moídos e classificados) e aditivos. O que diferencia uma de outra é o consumo de cimento, a quantidade ou tipo de aditivo, que determina quanto a argamassa é aderente e resistente à água. Então, temos que, em termos crescentes de aderência, AC1 < AC2 < AC3  (  AC-I < AC-II < AC-III ).

Você sabe o que significa quando uma argamassa colante recebe a denominação “E”? As argamassas AC1 E, AC2 E ou AC3 E apresentam maior tempo em aberto, isto é, assim que é espalhada pela superfície, ela entra em processo de secagem e endurecimento e vai perdendo seu poder de aderência; as argamassas tipo E retardam a secagem e o endurecimento a partir do momento de aplicação. São mais caras, mas, as vezes, seu uso é necessário, quando há ventos fortes, por exemplo. São argamassas com tempo em aberto (open time) maior.

Deu para ter uma noção básica do que são as argamassas colantes e o que difere uma da outra, mas lembre-se de consultar a NBR 14081, que especifica como utilizá-las da forma correta nos assentamos de placas cerâmicas! É muito importante checar normas técnicas antes de fazer qualquer procedimento para melhorar o desempenho da obra e evitar manifestações patológicas!

Onde utilizar cada tipo de Argamassa Colante?

Vamos entender as aplicações para cada tipo de argamassa colante, mas antes, devemos deixar claro que, de nada adianta possuir os materiais corretos e realizar o serviço de forma errada. Por isso, fique atento para fazer o trabalho corretamente desde o início para evitar prejuízos, certo?

Dividindo as três argamassas colantes por aplicação, temos o seguinte:

AC1 ( AC-I ): é indicada para assentamentos de peças cerâmicas em ambientes internos e térreos, podendo ser secos ou molháveis, como cozinhas e banheiros, pois resiste à umidade e temperatura habitual dessas áreas.

AC2 ( AC-II ): é mais resistente a variações climáticas, como umidade, temperatura e ação do vento, podendo ser utilizada em ambientes internos ou externos e permite a aplicação em diversos tipos de revestimento em paredes, fachadas, piscinas de água fria, lajes , pisos cerâmicos industriais, entre outros.

AC3 ( AC-III ): é um argamassa com maior poder de aderência, ideal para ser utilizada no assentamento de porcelanatos e revestimentos cerâmicos em ambientes mais agressivos, como piscinas de água quente, saunas, churrasqueiras e para colar grandes placas (maiores que 60x60 cm).

Agora ficou fácil saber escolher a argamassa colante para sua obra, não é mesmo? E, como você já sabe, a escolha certa do tipo de argamassa colante, além de conferir melhor desempenho na construção, evita patologias, como fissuras, descolamento, desplacamento ou manchas. Então, analise bem antes de comprar, ok? O resultado a longo prazo vai compensar! Veja nossa tabela resumindo o que falamos aqui:

argamassa colante - tabela comparativa
Tabela Comparativa entre Argamassas Colantes


Diferença entre Argamassa Comum e a Argamassa Colante

Já explicamos bastante coisa sobre a argamassa colante, mas quais as vantagens de utilizá-la? Você sabe a diferença entre a argamassa comum e a colante?

A argamassa comum é uma mistura de cimento, água, areia (ou outros agregados), podendo ou não conter aditivos, já a argamassa colante é também composta por esses elementos mais aditivos que têm papel de aumentar seu poder de adesividade e tempo em aberto.

Portanto, basicamente, a diferença entre elas é a aderência, que é muito maior na argamassa colante e o tempo em aberto, que é o tempo disponível para a aplicação das cerâmicas após o espalhamento da argamassa sobre a base, que depende da temperatura, umidade do ar e vento. O tempo em aberto das argamassas colantes também é bem maior em relação às comuns.  

A argamassa colante possui vantagens em relação a comum por apresentar maior flexibilidade (no caso da AC-II e AC-III), pois acompanha a movimentação das peças assentadas em paredes ou pisos. Além disso, ela permite melhor controle da umidade uma vez que dispensa a necessidade de molhar as placas antes de assentá-las e também, por ser industrializada, economiza-se tempo de preparo da massa. Viu como vale a pena utilizar a argamassa colante? Lembrando sempre de fazer a escolha certa para cada situação e seguir as normas técnicas! Assim, o resultado será além do esperado!

Bônus: Cuidados na utilização das Argamassas Colantes

Para terminar, vamos enumerar alguns cuidados que determinam o resultado excelente dos assentamentos. Todas essas recomendações estão descritas por completo nas NBRs, por isso é indispensável dar uma olhada antes de iniciar os trabalhos, ok? Aí estão algumas delas:

  • Preparação do substrato: verificar desalinhamentos e limpeza da superfície;
  • Preparação da argamassa colante: seguir as recomendações do fabricante;
  • Desempenadeira: checar a altura dos dentes das desempenadeiras;
  • Aplicar com desempenadeira dentada na inclinação adequada a formar sulcos na altura indicada pelo fabricante da argamassa;
  • Não aditivar argamassas colantes com outros produtos, salvo recomendado pelo fabricante da argamassa colante;
  • Aplicação da argamassa colante: aplicar de acordo com as especificações das normas e utilizar até 2,5 horas após o preparo.
  • Obedecer rigorosamente o espaçamento e entrelaçamento entre as peças e serem assentadas, de acordo com a recomendação do fabricante;
  • Ao aplicar argamassas colantes sobre superfícies impermeabilizadas, utilizar somente os tipos AC-II ou AC-III;
  • Nunca aplicar argamassas colantes sobre substratos soltos, pulverulentos, com baixa resistência mecânica, contaminados, esburacados, soltos, desplacados, ocos, com eflorescências, com infiltrações, dilatados, trincados ou com problemas estruturais, por exemplo.
    ___________________________________________________________________

Enfim, agora que você sabe tudo sobre as argamassas colantes, com certeza, fará as escolhas certas para não ter que lidar com possíveis danos! Por isso, é importante se atentar às normas, aos tipos diferentes para cada situação e aos cuidados que devem ser tomados!

Convidamos você para dar uma visitada no site da Blok e conhecer nossos produtos, que, certamente, contribuirão para o melhor resultado e qualidade nas suas obras!

Conheça o BlokLiga e o BlokMassa ST, nossos aditivo plastificantes para argamassas, que melhora a trabalhabilidade e plasticidade!

E não se esqueça! A Blok está pronta para qualquer desafio! Conte com a gente e até a próxima!

Quer ver todos os artigos do blog?
[PDF Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva
[PDF Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva

Você sabe a diferença entre pressão negativa e positiva da água? Você também sabe que existe um produto para cada tipo de situação de impermeabilização? Baixe aqui o Guia Completo de Impermeabilização por Pressão Negativa e Positiva e nunca mais erre na escolha dos produtos!

baixe grátis