Quais os impermeabilizantes mais indicados para construção e reforma?

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
23/3/2021
Atualizado em
20/4/2021
Quais os impermeabilizantes mais indicados para construção e reforma?

Se você chegou até aqui, é porque está construindo ou reformando, acertei? Caso não seja esse o motivo que te trouxe até este artigo, também é válido porque hoje prometo fornecer informações importantes para a construção civil. Então se você quer aprender mais sobre esse tema, leia até o final, pois garanto que dominará o assunto e poderá aplicar nas suas obras para obter ainda mais lucros!

Primeiramente, vamos esclarecer alguns pontos… você sabia que a impermeabilização é uma etapa fundamental no processo de construção de uma obra ou em reformas quaisquer? Muita gente pensa que a impermeabilização deve ser feita quando surge a tão falada infiltração ou até mesmo não valoriza essa etapa antes da estrutura começar a sofrer danos e espera o pior acontecer.

E é aí que mora o problema: apesar de ser possível reparar os danos do material ou da estrutura que sofreram com a ação da umidade, você gastará muito mais e o trabalho será imensamente maior, por isso compensa fazer uma impermeabilização correta desde o início da obra. 

Sabendo disso, preparei este artigo para que entenda o porquê de fazer uma impermeabilização correta e preventiva, antes mesmo do surgimento das manifestações patológicas. Mas, você pode estar se perguntando: “o que isso tem a ver em como saber quais impermeabilizantes mais indicados para construção e reforma?” e eu te digo: TUDO! Sabe por quê? Para saber quais impermeabilizantes você deve usar na sua construção, é imprescindível entender, antes de qualquer coisa, a importância de fazer uma boa impermeabilização durante a obra!

Depois, para saber quais produtos utilizar, é necessário entender quais locais devem ser impermeabilizados em uma construção e qual impermeabilizante é indicado para cada uma dessas áreas. É isso que vou trazer neste artigo! Então, continue comigo!

impermeabilizante para pressão negativa
Blok EP 2
Resina Impermeabilizante para Pressão Negativa
CONHEçA AGORA
[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva
MATERIAL GRATUITO

[Livro Gratuito] Impermeabilização Por Pressão Negativa e Positiva

baixe grátis

O que é impermeabilização?

Essa é uma pergunta bem básica, mas você precisa saber respondê-la! Bom, podemos definir a impermeabilização como sendo um processo de aplicação de produtos específicos sobre superfícies que estão sujeitas às intempéries climáticas, principalmente à água.

Você sabe que a água pode causar danos terríveis para as superfícies e estruturas, pois é possível visualizar diversas manifestações patológicas só de andar pelas ruas ou visitar imóveis, certo?

Mas então, se é fato que as pessoas sabem que a umidade causa tantos danos, por que continuam ocorrendo o tempo todo? Isso é fácil de responder: porque não é feita uma impermeabilização do jeito certo!

Basicamente, a impermeabilização é um procedimento realizado por meio da aplicação de produtos com o objetivo de selar, vedar ou colmatar materiais porosos e suas possíveis falhas. A aplicação dos diversos tipos de produtos deve ser feita sempre respeitando as particularidades de cada material e superfície onde será aplicado.

Por que Impermeabilizar?


Com as informações que dei até aqui você já deve ter entendido o porquê de impermeabilizar, não é? Mas, ainda vou te apresentar mais argumentos para que entre na sua cabeça, de uma vez por todas, a importância da impermeabilização! Vamos lá?

Que a impermeabilização é uma etapa bem importante durante a construção de qualquer obra, isso você já sabe. Mas você sabia que grande parte dos problemas causados em construções são provenientes de infiltrações?

E que também muitas das manifestações patológicas tão comuns nas obras, como trincas, fissuras e manchas brancas (eflorescências) são causadas pela ação nociva da água? Se você fizer uma pesquisa sobre os problemas que acometem os imóveis, tenho certeza que uma parcela significativa é proveniente de infiltrações. Já pensou quantos problemas e gastos seriam evitados se tivesse feito uma impermeabilização adequada? 

Quando descobertos logo no início das obras, os problemas associados à impermeabilização podem ser mais facilmente identificados e eliminados. Porém, é comum aparecerem depois da obra finalizada e seu reparo demanda muito mais recurso financeiro além do desgaste emocional. 

Para você ter uma ideia, os custos que envolvem o reparo decorrente de falhas de impermeabilização podem ser até quinze vezes maiores do que se fosse previsto no projeto e executado durante a obra como medida de prevenção!

O custo para  aplicar um sistema de impermeabilização em uma edificação, considerando projeto, consultoria, fiscalização, execução e materiais, representa apenas de 1 a 3% do custo total da obra, sendo que a re-impermeabilização pode representar até 25% do custo total da obra. Com isso, quero dizer que a impermeabilização adequada evita gastos desnecessários!

Além de transtornos e gastos, viver em um ambiente que passou por uma impermeabilização correta é qualidade de vida, pois a umidade cria uma situação insalubre para os ambientes, podendo ocasionar inúmeros problemas de saúde. 

Como já disse, para saber quais impermeabilizantes são mais indicados para uma construção e reforma, você precisa saber quais locais dentro de uma construção devem ser impermeabilizados e, depois, quais produtos mais indicados para cada área.


Quais locais devem ser impermeabilizados em uma construção?


As superfícies que podem e devem receber impermeabilizantes são várias, porém vamos citar as mais importantes e que devem estar na lista de prioridades do planejamento da sua obra.

Há alguns anos, a impermeabilização só era feita na parte externa das construções, pois entendia-se que era o local mais exposto à ação da água. De fato, é um deles, mas hoje em dia, essa ideia mudou bastante e chegou-se a conclusão que muitas outras áreas de uma construção também devem ser impermeabilizadas! Vamos saber quais são elas:

  • Baldrame: é um dos principais locais a serem impermeabilizados, pois é a fundação de uma construção. Por ter a função de proteger toda a estrutura contra os efeitos da umidade, uma pequena falha de impermeabilização pode causar problemas seríssimos em toda a obra;
  • Contrapiso: podem ocorrer infiltrações por pressão negativa, podendo causar manchas e desplacamento dos pisos;
  • Rodapé de parede: a infiltração pode ocorrer por capilaridade vinda do solo, podendo causar manchas, bolhas na pintura, mofo e apodrecimento dos rodapés de madeira;
  • Fachada: como já dissemos, é uma área bastante exposta às intempéries e que se não impermeabilizada, podem sugir problemas na parte externa e interna do imovel.
  • Laje: por ser um local exposto às chuvas, deve ser impermeabilizado para evitar o aparecimento de goteiras e outros problemas na área interna;
  • Banheiros, caixa d'água e piscina: por serem áreas molhadas e que ficam em contato direto com a água, devem ser impermeabilizados;
  • Muro de arrimo: os muros de arrimo desempenham papel fundamental para garantir a estabilidade de um maciço ou encosta e, portanto, devem ser impermeabilizados para que suas estruturas sejam preservadas para que possam evitar deslizamentos e desmoronamentos.


Quais produtos impermeabilizantes devem ser utilizados em cada um desses locais?

Os principais locais a serem impermeabilizados em um construção ou reforma são os que citamos acima. Por isso, eles devem estar, com certeza, na lista de prioridades do planejamento de uma obra. Caso haja falta ou falha de impermeabilização em alguns desses locais, os danos podem ser grandes e, muitas vezes, irreversíveis.

Mas, como saber qual impermeabilizante utilizar em cada um desses locais? Para escolher o produto certo, você precisa saber qual tipo ele é: rígido ou flexível. Sabendo disso, a escolha do produto se torna mais segura, simples e, lógico, com menos chances de dar errado!

Classificando essas áreas de acordo com o tipo de impermeabilizante que deve ser utilizado, temos:

  • Impermeabilizantes rígidos devem ser utilizados em: baldrames, rodapés de parede, contrapisos e fachadas (dependendo do local da fachada);


Conclusão


Agora que você sabe quais locais da sua obra devem ser impermeabilizados, é hora de conhecer os produtos da Blok para garantir os melhores resultados! A Blok desenvolve seus produtos para os mais variados substratos e, mais do que isso, entende seu problema e apresenta uma solução!

Quer mais do que isso? Também oferece um suporte técnico que te orienta quanto à correta aplicação do produto. Por isso, defina os locais a serem impermeabilizados e consulte-nos! Estamos prontos para qualquer desafio! Espero ter ajudado e até a próxima!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.