Tijolo Ecológico: Por Que Usar? Saiba Tudo Sobre Tijolos Ecológicos Aqui!

Antonio Neves
Escrito por
Antonio Neves
Publicado em
4/1/2021
Atualizado em
20/4/2021
Tijolo Ecológico: Por Que Usar? Saiba Tudo Sobre Tijolos Ecológicos Aqui!

Tijolo ecológico: Por que usar? Saiba tudo sobre tijolos ecológicos aqui!

Você já deve ter ouvido falar em tijolo ecológico, mas será que sabe tudo sobre ele? Hoje, trouxemos este artigo que preparamos para que entenda tudo sobre esse tijolo alternativo à alvenaria tradicional e porque ele vêm ganhando força na construção civil. Vemos por toda a parte que virou tendência adotar meios sustentáveis para agredir menos o ambiente e com o ramo da construção civil, embora bastante tradicional, não foi diferente. Temos visto que a busca por opções que impactem menos o meio ambiente vêm se tornando uma prioridade até quando falamos em escolha de tijolos para realizar uma obra!

Por isso, consideramos importante saber que o tijolo ecológico é uma opção interessante se você também acha importante pensar nos impactos ambientais que uma obra pode gerar. Não só esse benefício o uso do tijolo ecológico pode oferecer, mas também apresenta diversas outras vantagens frente ao convencional. Continue lendo este artigo para ter acesso a todas as informações relevantes sobre este assunto!

Silicone hidrofugante para fachada base água hidrorrepelente silano siloxano concentrado
BlokSeal CC
Silicone Hidrofugante
CONHEçA AGORA
Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial
MATERIAL GRATUITO

Infiltração em Fachadas: Um Guia Completo para Manutenção Predial

baixe grátis

O que é tijolo ecológico?

A primeira e mais básica pergunta sobre o assunto que precisamos saber responder é no que consiste o tijolo ecológico, isto é, sua definição. Bom, o tijolo ecológico é um tipo de tijolo que é produzido a partir de resíduos gerados pela construção, permitindo o reaproveitamento de grande parte dos materiais utilizados. Assim, seu uso contribui para diminuir os impactos ambientais que uma obra pode causar, reutilizando os materiais que seriam descartados.

Então, podemos entender que, basicamente, utilizar tijolos ecológicos é uma escolha que cumpre os preceitos de sustentabilidade uma vez que reduz o impacto ambiental tanto na sua fabricação quanto durante a execução da obra. Mas, como o tijolo ecológico é feito para cumprir seu papel sustentável?

O processo de fabricação do tijolo ecológico elimina uma etapa essencial da fabricação dos tijolos convencionais, que é o processo de queima. Os tijolos convencionais são produzidos a partir de uma mistura de diversos tipos de argila e água, que passa por um processo de secagem e, depois, a mistura deve passar por um forno para seu cozimento e, finalmente, é deixado em temperatura ambiente para o resfriamento.

Já o tijolo ecológico é fabricado a partir da compressão da mistura de componentes  e não precisa passar pelo processo de queima. Essa é a grande diferença entre um tijolo ecológico e um convencional, pois a queima exige o uso de combustíveis fósseis além de emitir gases que intensificam o efeito estufa. Mas, fique tranquilo, pois vamos explicar mais pra frente sobre as principais diferenças entre os tijolos ecológicos e os convencionais, ok?

Agora que você já entendeu o conceito de tijolo ecológico e porque ele é assim chamado, vamos conhecer quais são seus tipos?

Quais os tipos de tijolos ecológicos?

Neste tópico, vamos conhecer os dois principais tipos de tijolos que podem ser classificados como ecológicos:

  • Solo-cimento: o tijolo solo-cimento é considerado um tipo de tijolo ecológico porque não passa pelo processo de queima uma vez que adquire resistência mecânica sem a necessidade do aquecimento em forno, sendo o processo todo realizado a frio. Sua composição consiste, basicamente, em solo, cimento e água. Geralmente o cálculo é de uma parte de cimento para oito de solo e também é possível utilizar a maioria dos tipos de solo na composição desse tipo de tijolo, com exceção da terra preta ou outra que tenha material orgânico.
  • Reaproveitamento de resíduos: como o próprio nome já diz, são tijolos feitos a partir de resíduos que seriam descartados ou fibras naturais, podendo ser compostos pelos mais variados tipos de materiais. Alguns exemplos de materiais que podem ser utilizados na composição dos tijolos ecológicos deste tipo são: cinzas do bagaço da cana-de-açúcar, couro, borracha, materiais de descarte da maricultura, fibra de coco do babaçu, plásticos encontrados no oceano, pneu, garrafa pet e por aí vai. Embora seja possível fazer tijolos dos mais variados tipos de materiais, eles ainda não são utilizados em larga escala pela construção civil, mas seu uso vem ganhando espaço por ser um meio mais sustentável!

Quais as vantagens e desvantagens de utilizar tijolos ecológicos?

Utilizar tijolos ecológicos na construção civil traz diversos benefícios, porém seu uso também oferece algumas desvantagens. Agora, vamos conhecer as principais vantagens e desvantagens dos tijolos ecológicos.

Dentre as suas vantagens, podemos citar:

  • Sustentabilidade: o uso dos tijolos ecológicos oferece menor impacto ambiental por conta do seu processo de produção; por ser produzido no canteiro de obras, o impacto ambiental do transporte também é menor; oferece reaproveitamento de materiais que seriam descartados; a matéria prima principal é abundante (solo), podendo ser utilizado praticamente qualquer tipo de solo para sua produção.
  • Estética: os tijolos ecológicos dão efeitos rústicos para as construções, sendo ideal para casas de campo ou praia, mas também é comum utilizá-los em ambientes de casas sofisticadas para mesclar rusticidade com modernidade.
  • Praticidade/Produtividade: a execução de uma obra com tijolos ecológicos demanda menos tempo e mão de obra, pois seu encaixe diminui a quantidade necessária de argamassa. Assim, as construções se tornam mais rápidas, mais limpas e o custo final pode ser bem menor que o tradicional por conta do baixo uso de argamassa.
  • Redução de resíduos: uma obra costuma gerar muito resíduo. Além de reaproveitar os materiais que seriam descartados, os tijolos ecológicos, por exigirem baixa quantidade de argamassa, também contribuem para gerar menos resíduos nas obras.

Apesar de apresentarem os benefícios que citamos acima, os tijolos ecológicos oferecem a principal vantagem de não precisarem passar pelo processo de queima durante sua produção. Essa etapa comum na produção de tijolos convencionais elimina emissão de gases poluentes além de usar combustíveis fósseis, não sendo uma opção sustentável.  

Quanto às desvantagens do uso dos tijolos ecológicos, podemos citar:

  • Preço: os tijolos ecológicos apresentam um custo relativamente maior que os tijolos convencionais. Porém, deve-se ressaltar que apesar do custo do tijolo ser maior, é necessario avaliar qual será o gasto com argamassa e mão de obra. Isso porque o uso do tijolo ecológico exige menos argamassa e mão de obra, o que pode contribuir para baixar o valor do custo total da obra. Assim, apesar do custo isolado do tijolo ecológico ser maior, é preciso avaliar todo o custo da obra para dizer se compensa ou não seu uso, ok?
  • Espessura: os tijolos ecológicos possuem espessura maior que os convencionais, o que limita seu uso para ambientes muito pequenos.
  • Alterações: se for necessário alterar alguma coisa que não foi prevista no projeto, será mais difícil fazer alterações no caso dos tijolos ecológicos. Já os convencionais são mais flexíveis para fazer ajustes, mesmo após a finalização da execução.
  • Fornecedores: ainda que o uso de tijolos ecológicos venha ganhando importância na construção civil, pode ser difícil encontrá-los em algumas regiões. Por conta disso, o transporte pode encarecer o custo final do produto.

Então, se você tem interesse em utilizar tijolo ecológico na sua obra, considere as suas vantagens e desvantagens para avaliar se vale a pena ou não. Aqui, trouxemos algumas delas, mas pesquise mais sobre o assunto antes de tomar qualquer decisão, certo? Isso te ajudará a evitar problemas futuros!

Qual a diferença entre um tijolo ecológico e um convencional?

Já falamos que a principal diferença entre um tijolo ecológico e um tijolo convencional é o processo de queima. Enquanto que o tijolo ecológico não precisa passar por esse processo para que fique resistente e adequado para sua utilização, a etapa de queima é essencial para que o tijolo convencional esteja pronto para uso nas construções.

Além disso, outra diferença entre eles é a própria composição dos tijolos, enquanto que o ecológico pode ser composto de diversos tipos de materiais, o convencional é feito a partir de argila.

Qual o preço do tijolo ecológico?

Ao comparar o preço dos tijolos isolados, vemos que o tijolo ecológico possui um custo bem mais alto que o convencional, podendo ser até 4 vezes mais caro. E, além disso, o preço dos tijolos ecológicos pode variar bastante conforme a região e materiais utilizados em sua composição. Mas, sabemos que não se deve comparar preço dos tijolos soltos uma vez que a economia que o uso dos ecológicos traz está no final da obra.

Por isso, não podemos levar em consideração apenas o valor do tijolo, pois a economia causada pela redução do uso de argamassa e pela rapidez da execução é bem grande, quando falamos em construir utilizando tijolos ecológicos.

E, por fim, o tijolo ecológico, na maior parte das vezes, é utilizado sem revestimento algum, ficando aparente, dando um efeito rústico para os ambientes. Isso também economiza custos com revestimento e pintura.

Mas, lembre-se de pesquisar, comparar preços e, principalmente, escolher tijolos de qualidade, porque, afinal, é um dos elementos que vai sustentar toda a obra.

Como fazer tijolo ecológico?

O processo de produção do tijolo ecológico é bem simples, mas deve-se seguir todas as etapas à risca para garantir um tijolo de qualidade, ok? Trouxemos este vídeo para que aprenda como fazer um tijolo ecológico! Dê uma olhada!

Conclusão

Hoje, trouxemos algumas informações importantes sobre os tijolos ecológicos e agora você possui bagagem suficiente para avaliar se compensa ou não optar por esse tipo de tijolo para suas obras. Leia e releia este artigo para ponderar as vantagens e desvantagens desse material para que tome a decisão certa!

Caso opte por usar tijolos ecológicos nas suas obras, você precisa conhecer o BlokSeal CC, um silicone hidrofugante desenvolvido pela Blok para proteger toda a superfície contra os efeitos da umidade. Como já dissemos, os tijolos ecológicos, na maior parte das vezes, são utilizados para dar efeito rústico para os ambientes, deixando-os sem revestimento algum, ficando aparentes.

Por isso, eles precisam ser hidrofugados com BlokSeal CC, para que suas superfícies fiquem protegidas contra a ação da água, evitando o surgimento de eflorescências e facilitando a limpeza por impedir o acúmulo de sujeiras. Não deixe de conhecer BlokSeal CC e conte com a Blok para qualquer desafio!

Entre para o time dos
melhores profissionais
da indústria da contrução civil
e mantenha-se sempre
informado sobre os maiores
avanços da sua profissão.